Saúde

Filho do escritor Pedro Chagas Freitas já saiu dos cuidados intensivos

Benjamin continua internado no Hospital Pediátrico de Coimbra. “É um passo pequeno, e o maior de todos”, escreveu o pai.
O caso está a melhorar.

A jornada de Benjamim, o filho de Pedro Chagas Freitas, tem comovido as redes sociais. O miúdo de seis anos sofre de uma doença rara e precisa urgentemente de um dador de fígado vivo. O escritor e a mulher, Bárbara Teixeira, não podem ser dadores e lançaram um apelo nas redes sociais e, em menos de 24 horas, já havia uma lista de potenciais dadores compatíveis.

Benjamin ainda se encontra internado no Hospital Pediátrico de Coimbra, mas já saiu dos cuidados intensivos, referiu o pai nas redes sociais. “A felicidade pode ser tão simples como deixar os Cuidados Intensivos. É um passo pequeno, e o maior de todos”, escreveu o autor português.

Durante este processo, o escritor apela ainda a que as pessoas enviem vídeos divertidos ao filho.  “Se quiserem salvar um pouco o dia do Benjamim, enviem vídeos vossos dirigidos a ele: pode ser a cantar a canção do Dartacão (do Dartacão pode ser tudo, que ele ama), pode ser a imitar outras personagens, a cantar as músicas que vos apetecer”, diz.

O importante é que “comuniquem com ele, tragam-lhe a cura do humor, da distração”. “O corpo, onde ele estão, não pode mexer-se. Ajudem-no a mexer a mente, o coração”, sublinha. Os vídeos e as mensagens podem ser enviadas para as redes sociais ou diretamente para o e-mail pedrochagasfreitas@nullgmail.com.

Quanto ao dador, terá de ser alguém com, no máximo, 1,75 metros e 75 quilos, até aos 55 anos, com o tipo de sangue O, seja positivo ou negativo. Ser doador de fígado vivo é viável, uma vez que o órgão tem a capacidade de regenerar e voltar ao seu tamanho normal. 

Os interessados em avançar com a decisão de serem dadores, devem enviar um e-mail para dadordobenjamin@nullgmail.com, com as seguintes informações: nome, idade, tipo sanguíneo, peso, altura, medidas (perímetro à volta do umbigo e da xifóide), se tomam alguma medicação ou têm alguma doença crónica.

“O vosso carinho dá-nos esperança. Os olhos molham, mas continuamos. Já reunimos uma excelente base de possíveis dadores. Obrigado a todos, tanto, tanto. Agora é tempo de escolher a melhor opção. Vamos acreditar que a espetacular equipa do Pediátrico de Coimbra vai encontrar a resposta que desesperadamente procuramos”, escreveu Chagas Freitas num novo post.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Pedro Chagas Freitas (@pedrochagasfreitas)

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT