Saúde

Foram confirmados mais 3.417 casos de Covid-19 e 21 mortes em Portugal

O boletim dá conta de uma descida no número de internamentos, incluindo em unidades de Cuidados Intensivos.
A variante Ómicron é de mais fácil transmissão.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgou esta segunda-feira, 6 de dezembro, o mais recente boletim com os dados referentes à evolução do número de casos do novo coronavírus em Portugal, relativo às últimas 24 horas. Existem mais 3.417 pessoas infetadas no nosso País — 47 por cento têm entre 20 e 29 anos. Além disso, registaram-se mais 21 mortes. Todas as vítimas tinham mais de 60 anos.

Os dados da DGS revelam que existem, atualmente, 936 pessoas internadas em hospitais, menos 12 do que na véspera. E há menos dois doentes em unidades de cuidados intensivos — num total de 133. 

O país contabiliza 1 093 264 casos confirmados desde março de 2020. Portugal encontra-se no quadrante vermelho da matriz de risco que monitoriza a evolução da situação epidemiológica no país.

A maior parte dos novos casos foi registada no Norte (1094 infecções) e em Lisboa e Vale do Tejo (1036 novos casos).

Na última semana foram diagnosticados 5.700 casos de Covid-19 em crianças e jovens até aos 19 anos, segundo dados da Direção-Geral da Saúde. Até agora, o Ministério da Educação não revelou quantas crianças estão infetadas nem quantas turmas estão em isolamento.

Ainda não foi revelada a decisão sobre a toma da vacina da Pfizer pelas crianças entre os cinco e 11 anos, em Portugal. O país já fez uma encomenda de 300 mil doses que chegam ao país a 13 de dezembro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT