saúde

Há certificados de vacinação ilegais à venda na Internet — PSP detetou vários casos

Podem chegar aos 200€ e alegadamente são registados por médicos profissionais que podem estar envolvidos no esquema.
Há quem os compre por 200€.

Na Internet é possível encontrar certificados digitais à venda por 200€. Aos potenciais clientes recebem um QR Code válido que alegadamente está a ser registado por médicos profissionais. A PSP já está a investigar e explicou à RTP que pelo menos até ao final de julho já tinha conhecimento de 10 casos deste género em Portugal.

Todos foram descobertos nos aeroportos nacionais quando foi realizada uma ação de fiscalização destes comprovativos de vacina. Não existem dados mais recentes, mas a PSP alertou que esta ação constitui um crime de falsificação de documento que pode levar a uma pena até três anos.

Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos, explicou à RTP não ter conhecimento de nenhum médio que esteja envolvido neste esquema de falsificação de certificados e lamentou que a situação esteja a acontecer.

Se estiverem médicos envolvidos nesta fraude, é óbvio que a ordem atuará a nível disciplinar. Isto é uma situação totalmente inaceitável que deve merecer da parte das autoridades competentes uma investigação rápida e com consequências para quem está a fazer isto.”

Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) anunciaram esta terça-feira, 24 de agosto, que 6,5 milhões de portugueses já têm o certificado, que passou a ser emitido no final de junho. Com este documento é possível viajar para fora do País, por via aérea ou marítima, entrar em hotéis e alojamentos ou fazer refeições no interior de restaurantes aos fins de semana.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT