Saúde

Há esperança: mulher italiana de 95 anos recupera da infeção por coronavírus

Alma Clara Corsini, que estava internada desde o início de março, já teve alta hospitalar.
É um exemplo de superação.

Todos os dias chegam notícias do impacto da pandemia de Covid-19 em Itália e, infelizmente, não são positivas. É o país mais afetado neste momento e também aquele que regista mais mortes pelo novo coronavírus em todo o mundo, tendo já ultrapassado a China. Ainda assim, há esperança nesta luta.

Segundo o jornal britânico “Metro”, há registo do primeiro paciente da província italiana de Modena, no norte do país, a recuperar totalmente desta doença. Mas há mais: é uma senhora de 95 anos, pelo que está mesmo a tornar-se uma verdadeira inspiração.

Chama-se Alma Clara Corsini e estava internada no Hospital Pavullo desde 5 de março. A partir daí, tornou-se “o orgulho da equipa médica”, com quem tirou uma fotografia que se está a tornar viral nas redes sociais.

“Sim, sim, estou bem. Eles [os médicos] eram pessoas boas que cuidavam bem de mim e, agora, vão mandar-me para casa daqui a pouco”, pode ler-se numa entrevista, publicada a 19 de março, à “Gazzetta di Modena”.

Segundo os especialistas daquela unidade hospitalar, a paciente de 95 anos conseguiu curar-se sem recorrer a tratamentos antivirais. 

Entretanto, já teve alta hospitalar e tem sido um símbolo de esperança, uma vez que a maioria das vítimas mortais por Covid-19 são idosos.

Uma das fotografias mais partilhadas nestes dias, num hospital italiano.

Já na China, onde o surto começou, foi relatada a remissão de Covid-19 numa mulher de 103 anos. Zhang Guangden, que estava no Hospital de Liyuan, em Wuhan, conseguiu recuperar após seis dias de tratamento, voltando para casa a 10 de março.

A rápida recuperação da paciente deveu-se ao facto de não ter condições de saúde subjacentes, além de uma bronquite crónica leve, revelou o seu médico, Zeng Yulan, aos repórteres locais.

Um homem de 100 anos com a doença de Alzheimer, hipertensão e insuficiência cardíaca também recuperou do vírus em Wuhan nessa semana, depois de ser tratado por médicos militares.

Apesar dos casos de sucesso, a pandemia de Covid-19 já provocou mais de 15 mil mortes em todo o mundo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT