Saúde

Há mais 506 casos e mais uma morte em Portugal devido à Covid-19

São estes os dados da pandemia no País nesta sexta-feira, 23 de abril.
Uma morte nas últimas 24 horas.

O boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS) referente às últimas 24 horas dá conta de mais 506 novos casos e mais um óbito associado à Covid-19. Com os dados conhecidos esta sexta-feira, 23 de abril, o País regista agora um total de 833.397 casos e 16.957 mortes associadas à Covid-19.

Nas últimas 24 horas houve mais recuperados do que novos casos. Os dados mais recentes dão conta de mais 580 pessoas dadas como recuperadas, o que eleva o total desde o início da pandemia para 791.751. Nesta altura, há ainda 24.689 casos ativos em Portugal — menos 75 em comparação com os dados de ontem. Há ao dia de hoje 23.111 pessoas que se encontram em contactos de vigilância com as autoridades.

A nível hospitalar, os dados da DGS dão ainda conta de 384 pessoas que se encontram nesta altura internada. São menos 11 do que no último relatório de situação. Entre estes, há 98 pessoas que se encontram internados em unidades de cuidados intensivos, menos seis do que no boletim anterior. O país volta assim a contar com menos de uma centena de pessoas em intensivos. É a primeira vez que tal se verifica em 2021. É preciso recuar até finais de setembro do ano passado para encontrar situação semelhante nos cuidados intensivos.

Quando olhamos para os dados por regiões, é o Norte que continua a contar com mais casos acumulados, com 334.762. São mais 247 infetados nas últimas 24 horas, quase metade do total nacional. Foi também no Norte que se registou o único óbito por Covid-19 nas últimas 24 horas. Segue-se Lisboa e Vale do Tejo, com um total de 315.404 (mais 126 novos casos).

O centro do País é a terceira região mais afetada. Regista 118.363 casos (mais 69 do que ontem). A região do Alentejo contabiliza agora 29.662 casos (mais sete) e o Algarve 21.508 (mais 33 casos). Já os Açores têm um total de 4.636 casos (mais 15 novos infetados) e a Madeira 9.062 (mais nove).

A nível mundial, os dados do instituto Johns Hopkins apontam para quase 145 milhões de infetados. Desde o início da pandemia já morreram mais de três milhões de pessoas por complicações causadas pela Covid-19.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT