Saúde

Há uma altura ideal do dia para tomar banho (e não é aquela em que está a pensar)

Os especialistas têm uma palavra — ou várias — a dizer sobre este assunto. E a temperatura também poderá ser importante.
Faça o seu palpite.

Cada um faz a sua aposta mas, no fundo, ninguém tem a certeza. Há uma altura ideal do dia para tomarmos o nosso tão aguardado e merecido banho? Os cientistas dizem que sim e, muito provavelmente, a resposta não é aquela de que está à espera.

Se o seu palpite é a manhã, saiba que se trata de um período que traz benefícios. A água tem o poder de acordar o corpo e prepará-lo para a rotina, quase como se tratasse de uma mensagem que avisa o cérebro de que está a começar um novo dia.

“O banho matinal realmente permite tempo para meditar e reagrupar-se antes de começar um dia longo e agitado. A meditação pode diminuir a inflamação da pele ao manter os níveis da hormona do cortisol estáveis”, disse Mona Gohara, professora de dermatologia da Escola de Medicina da Universidade Yale, nos Estados Unidos da América, numa entrevista à Fox News em 2017.

Até a aparência da pele melhora. “A nossa pele está no seu melhor depois de uma rotina de cuidados feita de manhã”, disse Yen Reis, fundadora da Skin Laundry, clínica americana de estética.

Ainda assim, os especialistas têm uma opinião comum: apesar das vantagens, esta não é a melhor altura de todas para tomar banho. Na realidade, o melhor será mesmo à noite.

“Mesmo com o cansaço, considere tomar um banho de água morna antes de dormir. Pense no banho como um ritual pré-sono”, explicou a médica. “Quanto melhor o sono, melhor o seu cabelo e pele ficarão e o banho noturno ajuda nesse processo”. À mesma publicação, Nancy Rothstein, médica americana conhecida como embaixadora do sono, disse que “ir para a cama limpo ajuda o metabolismo a ‘distinguir’ o dia da noite”.

Ao jornal britânico “The Mirror”, Simon Zokaie, dermatologista da Harley Street, vai mais longe: um banho noturno tem uma grande vantagem em comparação com o matinal, já que ajuda a remover os germes e poluição acumulada durante o dia na pele.

“Se esperar até ao dia seguinte para se lavar, eles permanecem no corpo durante a noite, dando-lhes mais tempo para se infiltrarem na pele, causando manchas, imperfeições, marcas e danos na pele a longo prazo”, pode ler-se.

Independentemente de ser um banho longo ou rápido, quente ou frio, matinal ou noturno, a verdade é que não existe uma hora errada. Apenas tem de perceber qual é a altura que lhe traz mais benefícios.

“E a tarde, também é uma boa altura para tomar banho?”, pergunta, e muito bem, o caro leitor. Os especialistas não o aconselham, já que ainda terá um dia pela frente e acabará por expor a sua pele e cabelo.

Há uma altura ideal do dia para tomar banho (e não é aquela em que está a pensar)

Também existe uma temperatura ideal?

De uma forma geral, é recomendado o banho de água morna para não danificar a pele nem o cabelo. No entanto, se o objetivo for emagrecer, há um truque no banho que pode ajudar a queimar gordura.

Então, aqui vai: tome um duche de água fria. É que ao fazê-lo vai estar a acelerar o metabolismo e, consequentemente, a contribuir para o processo de emagrecimento. Como? O corpo tem de se manter a uma temperatura constante e, para isso, vai aumentar o gasto de calorias que, por sua vez, aumenta a libertação de calor.

Segundo um estudo publicado no “The Journal of Clinical Investigation“, em 2014, isto acontece porque a água fria ativa a gordura marrom – é aquela que faz com que o corpo use mais energia para realizar as suas funções. No fundo, é uma gordura boa e importante para a produção de calor no nosso corpo. Ela está muito presente, por exemplo, nos bebés.

Porém, este método não é novo. Em 1985, um estudo publicado no “Journal of Applied Physiology” analisou a queima de gordura em homens que tomavam banhos de água fria de duas horas. Foi aí que o grupo de investigadores descobriu que, realmente, o frio aumentava a queima de gordura.

É claro que isto só terá resultados se aliar esta prática a uma boa alimentação e ao treino. Mas atenção: não tem de fazê-lo todos os dias e muito menos de ficar duas horas no duche. É algo que pode fazer de vez em quando durante 15 minutos e, de preferência, pela manhã. No verão, provavelmente, será mais fácil de aplicar.

Como cada corpo reage à sua maneira, se ficar com as mãos brancas, altere a temperatura da água gradualmente para mais quente.

Mas atenção: não estamos a dizer com isto que um duche quente não traz vantagens. Ele tem a particularidade de ser vasodilatador – tem efeitos fisiológicos nos músculos. Esta é uma boa forma de reabsorver o esforço do treino e ainda facilita o relaxamento dos músculos, mas a temperatura não deve ultrapassar os 40 graus.

Para uma rápida recuperação de lesões também pode utilizar um banho de contraste — faz três séries, iniciando o banho com três minutos de água quente e um minuto de água fria.

Se a sua preocupação é mesmo a pele e nada tem a ver com o peso, não se esqueça de que o banho com água morna é a melhor opção. Além disso, pode privilegiar o consumo de alimentos que ajudam a ter a pele sempre bonita. Carregue na galeria para saber quais são.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT