Saúde

Israel vai vacinar crianças durante o período de aulas no novo ano letivo

O país ponderou adiar o regresso às aulas mas o ano letivo vai mesmo começar a 1 de setembro, com novas medidas.
Ano letivo começa a 1 de setembro.

A 1 de setembro começa o novo ano letivo em Israel e as autoridades daquele país já anunciaram como irá funcionar, em tempos de Covid-19. Os adultos devem apresentar certificado para entrar nos estabelecimentos de ensino e haverá vacinação para os alunos dada nas próprias escolas, durante o tempo de aulas.

Após a subida de casos diários verificada nas últimas semanas, Israel chegou a ponderar adiar o ano letivo, destaca o “Times of Israel”. Esta possibilidade foi agora descartada.

Israel definiu que todo o pessoal docente e funcionários escolares terão de apresentar certificado digital para poderem entrar no recinto escolar, o que quer dizer que ou estarão vacinadas ou que terão de apresentar testes negativos com frequência A vacinação será uma possibilidade para todas as crianças a partir dos 12 anos, desde que haja autorização dos pais.

Fora do recinto escolar há mais novidades. Desde a semana passada, várias atrações para crianças no país obrigam a apresentação de teste negativos para permitir a entrada. Os testes são obrigatórios para crianças a partir dos três anos.

Nos primeiros meses de vacinação Israel destacou-se como dos países com maior número de vacinados. Nesta altura países como Portugal já têm maior percentagem de população vacinada. O aumento de infeções recentes, incluindo entre vacinados, já abriu caminho à possibilidade de uma terceira dose para pessoas a partir dos 40 anos.

Desde o início da pandemia Israel já teve 990.524 casos confirmados de infeção. Ao todo, 6.830pessoas morreram por complicações causadas pela Covid-19.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT