Saúde

Já chegaram a Portugal os primeiros doentes oncológicos vindos da Ucrânia

Entre eles estão seis crianças e uma mulher. A transferência foi feita ao abrigo do Mecanismo Europeu de Proteção Civil.
Portugal recebeu seis crianças e uma mulher.

Portugal já tinha anunciado estar pronto para receber doentes oncológicos ucranianos. A primeira mulher chegou na passada quinta-feira, 21 de abril. Já este sábado, dia 23, o País recebeu mais seis crianças com cancro.

“Duas crianças vão ser seguidas pelo Instituto Português de Oncologia do Porto Francisco Gentil, uma criança vai para o Centro Hospitalar Universitário de São João, duas para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e o Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, receberá uma criança”, explicou o Ministério da Saúde, aqui citado pelo “Notícias ao Minuto”.

Esta transferência de doentes é feita através do sistema CECIS (Common Emergency, Communication and Information System), coordenado pelo Mecanismo Europeu de Proteção Civi.

Segundo a Direção-Geral da Saúde, a primeira mulher doente que chegou na quinta-feira irá ser seguida no Instituto português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil, sempre com o apoio da Liga Portuguesa contra o Cancro.

“Desde o início do conflito que Portugal tem feito ofertas sucessivas a solicitações da Polónia, Moldávia, Ucrânia e Eslováquia para evacuação de doentes ucranianos utilizando o mecanismo europeu apropriado, sendo que a maioria dos doentes tem aceitado ofertas para tratamentos em países com proximidade à Ucrânia”, continua a DGS num comunicado publicado esta sexta-feira, 22 de abril.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT