Saúde

Já foram realizados quase 1,7 milhões de downloads da app StayAway Covid

O número foi avançado pelo secretário de Estado da Saúde, Diogo Serra Lopes, esta sexta-feira.
Há cada vez mais pessoas a descarregar a polémica app.

Até à data, foram realizados um milhão e 683 mil downloads da aplicação de rastreio StayAway Covid. Além disso, foram inseridos 179 códigos de pessoas infetadas, avançou o secretário de Estado da Saúde, esta sexta-feira, 16 de outubro, durante a conferência de imprensa de acompanhamento da pandemia.

Sobre a proposta do governo enviada para a Assembleia da República (AR), que visa a obrigatoriedade da utilização da aplicação por todos os portugueses, Diogo Serra Lopes não quis comentar. “Aguardaremos o que sairá da decisão” da AR, disse.

Recorde-se que esta foi uma das recomendações que o primeiro-ministro, António Costa, mencionou quando anunciou o estado de calamidade em Portugal. A polémica instalou-se, com várias pessoas a acusarem o governo de insistir numa medida que é claramente inconstitucional.

Esta sexta-feira, poucos minutos antes da conferência, o primeiro-ministro reagiu às críticas, dizendo que as mesmas “assentam em pressupostos errados”.

O responsável lembrou que a app era anónima e que a proteção dos dados e a privacidade dos cidadãos estava assegurada.

“Outros pressupostos têm a ver com o entendimento da liberdade. Acho que a questão é muito discutível, portanto entendemos que é importante que o debate seja feito no local próprio, que é a Assembleia da República”, acrescentou.

E continuou: “Claro que eu não gosto destas medidas. A questão é saber se essa medida é necessária e útil para conter a transmissão da pandemia e se mais vale implementá-la agora do que daqui a um semana ou um mês impor medidas mais restritivas.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT