Saúde

Jantar cedo é mesmo melhor para a saúde (e para o peso também)

A alteração no horário pode afetar o metabolismo, a tensão arterial e ajudar a perder peso ou dormir melhor.
Um truque eficaz e fácil de aplicar.

Jantar fora de horas pode mesmo ser o motivo para alguns desconfortos inexplicáveis, como a insónia ou até o excesso de peso. Pelo menos é o que dizem alguns estudos recentes. A NiT explica-lhe porque é que está na hora de seguir a ciência e começar a jantar, no máximo, às 20h30. 

A primeira coisa que deve saber é que durante a noite é mais difícil processar alguns alimentos, especialmente os hidratos de carbono. Se comermos mais cedo, o metabolismo tem mais tempo para funcionar e, consequentemente, não acumula gordura.

A investigação do “The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism”, publicada em agosto deste ano, diz que jantar às 22 horas pode afetar a glicose no sangue e a capacidade de o corpo queimar gordura.

“O estudo confirma que quem come tarde apresenta níveis máximos de açúcar no sangue quase 20 por cento mais altos e a queima de gordura é reduzida em dez por cento, em comparação com aqueles que jantam mais cedo”, diz à NiT a nutricionista Sónia Marcelo.

Segundo a especialista, os benefícios não ficam por aí. Jantar mais cedo beneficia a digestão, melhora o sono e, como já foi referido, os níveis de glicémia são mais baixos em quem come, pelo menos, três horas antes de se ir deitar.

“O jantar deve ser sempre uma refeição mais ligeira, mas igualmente nutritiva. Deve representar cerca de 15 a 20 por cento das calorias do dia. As escolhas devem recair sobre uma sopa de legumes e o prato com uma fonte de proteína, legumes e uma pequena quantidade de hidratos de carbono complexos (como quinoa, arroz integral ou bulgur, por exemplo)”, explica à NiT a também autora do blogue “Dicas de Uma Dietista“.

Por outro lado, quando jantamos tarde acabamos por ir petiscando entre refeições e isso também não é bom. Ingerir menos alimentos quando não há luz solar é outra boa dica, uma vez que as hormonas implicadas no controlo do açúcar e da gordura funcionam mais lentamente à noite e por isso devemos aproveitar o seu período de maior atividade se o que queremos é que nos ajudem a regular o peso.

Quem também tem problemas de tensão arterial elevada deve mesmo considerar jantar mais cedo porque a subida da tensão está ligada a este jantar tardio, independentemente de ser uma refeição mais ou menos pesada. 

Uma dica importante para quem janta cedo é manter a hidratação. Além disso, alguns chás, como cidreira, menta, erva-doce e de camomila são ótimos para acalmar e garantir a qualidade do sono.

Agora, aproveite e carregue na galeria para descobrir sete jantares leves e que ajudam a controlar o peso, sugeridos pela nutricionista Mariana Abecasis, autora do blogue em nome próprio.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT