Saúde

Johnson & Johnson vai atrasar entrega de vacinas na Europa

O anúncio foi feito pela própria farmacêutica, na sequência de seis casos de formação de coágulos em pessoas que tinham tomado a vacina.
Vacina chegava cá na quarta-feira.

Estava previsto que a vacina da Johnson & Johnson, que necessita apenas de uma toma, fosse a próxima vacina contra a Covid-19 a chegar como opção à Europa. No entanto, a chegada desta nova vacina vai ser atrasada.

A decisão foi anunciada pela própria Johnson & Johnson, que tomou a decisão pouco depois de, nos EUA, onde já estava a ser administrada, terem sido identificados seis casos de formação de coágulos. Citada pela AFP, AFP, a Johnson & Johnson ter tomado a decisão de, “proativamente, atrasar a distribuição da vacina na Europa”.

Portugal tinha previsto receber as primeiras 30 mil doses desta vacina já na quarta-feira, 14 de abril. Os coágulos em causa são considerados muito raros mas severos.

Nos EUA, os reguladores de saúde recomendaram a suspensão da administração desta vacina numa altura em que 6,8 milhões de pessoas já tinham sido imunizadas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT