Saúde

Madrid torna obrigatório o uso de máscara e vai rastrear casos pelo BI

As novas medidas foram decretadas esta terça-feira, 28 de julho, por Isabel Díaz Ayuso.
Espanha foi um dos países europeus mais afetados.

O número de infetados por Covid-19 em todo o mundo aumenta diariamente e são vários os países e cidades que estão agora a apertar as medidas para travar o contágio e possíveis surtos. A Comunidade de Madrid, por exemplo, decretou novas regras esta terça-feira, 28 de julho.

A presidente desta região autónoma de Espanha, Isabel Díaz Ayuso, anunciou que o uso de máscara de proteção passa a ser obrigatório em todos os espaços públicos, assim como a manutenção da distância de segurança. Isto aplica-se para maiores de seis anos.

A “Estratégia de Continuidade”, como foi apelidada a lista de novas medidas, inclui que as autoridades consultem os documentos de identificação (Bilhete de Identidade) aos clientes dos estabelecimentos para “facilitar o rastreio” de casos positivos, explica o site espanhol da “ABC”.  Para isso, vai tornar-se obrigatório que os clientes deixem ficar nestes espaços os dados de identificação para que, eventualmente, “possam ser rastreados rapidamente” casos positivos de Covid-19.

A partir de agora, as esplanadas têm de fechar à 1h30 e as reuniões, sejam no exterior ou em espaços fechados, não podem ultrapassar o número máximo de dez pessoas. Além disso, o governo recomenda que este limite seja respeitado mesmo em encontros no domicílio.

Espanha foi um dos países europeus mais afetados pela pandemia. Soma mais de 272 mil casos acumulados da doença, dos quais recuperaram 150.376 e morreram 28.434.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT