Saúde

Mais um recorde de mortes: 293 óbitos por Covid-19 em Portugal — e mais 15.073 infetados

O mais recente boletim da Direção-Geral da Saúde mostra mais uma subida do número de internamentos provocados pela doença.
Esta é a fase mais dura da pandemia no nosso País.

Um dia depois de um novo recorde de óbitos diários (291 mortes) por Covid-19, o novo boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) mostra que a situação pandémica em Portugal continua a ser preocupante. Nas últimas 24 horas, registaram-se mais 15.073 infetados pelo novo coronavírus no nosso País. Além disso, confirmam-se 293 mortes provocadas pela doença — a maioria verificou-se nas regiões Lisboa e Vale do Tejo (136) e centro (66) — um novo recorde de óbitos diários.

Desde o início da pandemia, segundo o relatório divulgado esta quarta-feira, 27 de janeiro, o número total de casos confirmados é de 668.951. Ao todo, registaram-se 11.305 vítimas mortais por complicações causadas pela Covid-19 . Há, neste momento, 172.893 casos ativos da doença em Portugal — mais 5.512 comparativamente com o dia anterior.

É na região norte que se verifica o maior número de casos acumulados, com 293.171 (mais 3.959 infetados), seguida de Lisboa e Vale do Tejo, com 235.498 (mais 7.605). O centro do País regista 94.073 (mais 2.309) e o Alentejo chega aos 23.208 (mais 484 casos), enquanto o Algarve tem 16.029 (mais 500). Nas regiões autónomas, o boletim diário refere que os Açores têm um total de 3.309 (mais 25 infetados) e na Madeira existem 3.663 (mais 191).

Os dados da DGS revelam também que existem, até à data, 6.603 pessoas internadas em hospitais — mais 131 em comparação com o dia anterior — e 783 pacientes em unidades de cuidados intensivos, o que significa mais 18 doentes. Já o número de pessoas recuperadas da doença aumentou para 484.753 — são mais 9.268 do que no dia anterior.

A pandemia de Covid-19 já provocou mais de 2,16 milhões de mortos resultantes de mais de 100 milhões de casos de infeção em todo o mundo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT