Saúde

Marcelo Rebelo de Sousa admite que teremos de “repensar o Natal em família”

O Presidente falou sobre a evolução da pandemia no País e abriu a porta para eventuais medidas restritivas por causa da Covid.
Deverão haver novas medidas a partir de dia 15.

Marcelo Rebelo de Sousa visitou esta sexta-feira de manhã, 9 de outubro, o Hospital de Braga, onde falou da evolução da pandemia do novo coronavírus em Portugal. O Presidente admitiu a hipótese de serem implementadas novas medidas restritivas a partir do dia 15 de outubro, avança o “Público”.

Um dos exemplos foi o “uso de máscara na circulação na via pública em pontos de maior cruzamento de pessoas”, que o próprio admitiu já ter adotado. Referiu ainda: “Se for preciso repensar o Natal em família, repensa-se o Natal. Divide-se pelas várias componentes da família”.

Para Marcelo, é necessário que as medidas que forem tomadas não façam parar a economia e não aumentem o desemprego. “Há um esforço que as pessoas têm de fazer para que as medidas sejam cumpridas. Não vale a pena tomar medidas se as pessoas não levarem a sério a situação.”

“Estamos num período só comparável ao que foi vivido no início da primavera. Já se sabia que os números iam subir para valores superiores a mil, nomeadamente com a abertura das escolas, da vida comercial, e agora das universidades. A situação é muito grave”, concluíu.

De relembrar que esta quinta-feira, 8 de outubro, foi o segundo pior dia de sempre em termos de novos casos de Covid-19 em Portugal. Foram registado mais 1278 casos positivos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT