Saúde

O medicamento mais caro do mundo já foi aprovado para Matilde

A administração do Zolgensma estava dependente de um pedido do hospital ao Infarmed, que já foi autorizado.
Matilde teve alta esta quinta-feira, 18 de julho.

A última atualização do estado de saúde da bebé Matilde por parte dos pais, Carla e Miguel Sande, diz que a menina está de volta a casa, mesmo que o seu quarto tenha sido transformado num “mini hospital” e que os irmãos não possam estar próximos dela.

A publicação foi partilhada na página de apoio no Facebook esta quinta-feira, 18 de julho, no dia em que teve alta, sendo que ainda não havia novidades sobre o Zolgensma, o medicamento mais caro do mundo, que Matilde terá de tomar para travar a doença rara de que sofre, a Atrofia Muscular Espinal tipo 1.

No entanto, diz o jornal “Diário de Notícias”, o pedido excecional para administrar o medicamento a Matilde — e a outra criança que está internada no Hospital de Santa Maria, em Lisboa — já foi aprovado pelo Infarmed. O Estado irá comparticipar o tratamento, sendo que o montante que sobrar dos mais de dois milhões de euros angariados para ajudar Matilde já estão a ser distribuídos por outras crianças com o mesmo problema de saúde.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT