Saúde

Miúdos de 5 a 11 anos serão vacinados na Itália, Espanha, França e República Checa

A vacina Pfizer é tomada em duas doses, com um intervalo de três semanas. Até agora só podia ser usada em maiores de 12 anos.
Portugal também está a decidir se vai vacinar.

A vacinação dos miúdos entre os cinco e os 11 anos foi aprovada em Espanha, esta terça-feira, noticia o jornal El País. A campanha de vacinação em Espanha vai começar no dia 15 de dezembro.

A Comissão de Saúde Pública espanhola deu a autorização esta quarta-feira para que se inicie a vacinação das crianças, já depois de a Agência Europeia do Medicamento ter validado a vacina da Pfizer para a faixa etária em causa.

Esta confirmação surge no dia em que se aguarda, em Portugal, uma decisão da Direção-Geral da Saúde sobre o mesmo tema. O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, assegurou esta segunda-feira, 6 de dezembro, que tudo estará preparado quando for conhecida a diretiva da Direção-Geral da Saúde.

As primeiras 300 mil vacinas unidose da Pfizer destinadas aos miúdos desta idade chegam a Portugal a 13 de dezembro, anunciou esta segunda-feira o secretário de Estado Adjunto e da Saúde.

A Madeira vai avançar com a vacinação de crianças entre os cinco e os 11 anos de idade, independentemente da decisão do continente. Esta região poderá começar a vacinar uma parte dessa faixa etária já no próximo dia 14 de Dezembro, perspetivou Pedro Ramos, secretário regional da Saúde e Protecção Civil, falando num universo de 14.715 crianças.

A França já vacina crianças a partir dos 12 anos com consentimento dos pais e vai administrar a vacina a crianças entre os cinco e os 11 anos que tenham “risco elevado” ou que vivam com pessoas vulneráveis a partir de meados de dezembro. A vacinação das crianças saudáveis da mesma idade deve começar a 20 de dezembro, caso o governo francês obtenha pareceres favoráveis das autoridades responsáveis. 

Também a República Checa já fez uma pré-encomenda de vacinas para 700 mil crianças entre os cinco e os 11 anos.

Já a Itália vai começar a vacinar crianças entre os cinco e 12 anos contra a covid-19 a partir de 16 de dezembro. A injeção do fármaco será feita com um terço da dose aplicada em adultos e adolescentes, com uma fórmula específica, e será dada em dois momentos, com um intervalo de três semanas entre a primeira e a segunda dose.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT