Saúde

Mulheres que vivem em Lisboa já podem fazer rastreio gratuito de cancro da mama

A Câmara Municipal de Lisboa e a Fundação Champalimaud promovem o despiste da doença a partir desta sexta-feira, 7 de junho.
Já o pode fazer.

O cancro da mama é a doença oncológica mais frequente entre as mulheres portuguesas e uma das principais causas de morte. É uma patologia muito complexa, com vários subtipos, uns mais agressivos do que outros, e é por isso mesmo que é tão importante ter um diagnóstico precoce. 

A partir desta sexta-feira, 7 de junho, todas as mulheres residentes em Lisboa, com menos de 50 anos, podem fazer os rastreios mamários gratuitos. A iniciativa é da Câmara Municipal de Lisboa em parceria com a Fundação Champalimaud. A autarquia inaugurou um centro para o propósito no edifício dos Serviços Sociais, no Areeiro.

Os exames vão ser feitos por um técnico e avaliados por dois médicos radiologistas, nas duas novas salas inauguradas. Com eles será possível detetar tumores muito pequenos, não sentidos durante a apalpação. Estando nessa fase menor, os tratamentos são menos evasivos para o organismo. 

“Estamos a pensar nas mulheres com menos de 50 anos, até porque essas estão mais desprotegidas. Por exemplo, a Liga Portuguesa Contra o Cancro faz a partir dos cinquenta anos e aquilo que diz a Dr. Leonor Beleza, e o que dizem as pessoas que são especialistas, é que com o tempo vamos ter de diminuir essa idade. Mas se vier aqui uma mulher de 60 anos também trataremos (…)”, afirmou o presidente da Câmara de Lisboa, Carlos Moedas, citado pela SIC Notícias.

Para realizar o rastreio apenas precisa de se fazer acompanhar pelo cartão de cidadão e assinar uma declaração de consentimento. No próprio dia não deve aplicar cremes ou desodorizantes na zona do peito e axilas. Os exames podem ser agendados pelo número de telefone 800 910 155. 

Conforme a Liga Portuguesa Contra o Cancro, todos os anos, 1800 portuguesas morrem devido ao cancro da mama. No nosso País, são detetados anualmente cerca de 7000 novos casos. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT