Saúde

O resort com cascatas e 20 piscinas com águas vulcânicas que atingem os 44 graus

Um refúgio de luxo para "restaurar o equilíbrio entre mente, corpo e espírito", no coração de uma exuberante floresta tropical.
Está rodeado de natureza.

Situado aos pés do impressionante vulcão Arenal, a 13 quilómetros da encantadora cidade de La Fortuna, encontra-se o Tabacón Thermal and Resort Spa, na Costa Rica. É um verdadeiro refúgio para relaxar e fazer tratamentos termais num cenário idílico, escondido no coração da exuberante floresta tropical do Arenal.

Os principais atrativos do local são as cascatas e as cerca de 20 piscinas fluviais, com águas provenientes do rio Tabacón e aquecidas naturalmente pela lava. As temperaturas variam entre os 22 e os 44 graus, sendo que as mais quentes são as mais próximas do sopé do vulcão que entrou em erupção pela última vez (e devastou a área) em 1968.

As águas termais mineralizadas lentamente no subsolo são ricas em sílica, cálcio e lítio e têm propriedades relaxantes, ajudam a aliviar o stress, problemas de circulação, dores nos ossos e fadiga muscular. Também podem ser benéficas para problemas respiratórios.

Para completar a experiência, o resort conta ainda com um centro de bem-estar localizado a cinco minutos a pé do hotel. Todos os tratamentos do spa são realizados ao ar livre, em cabanas escondidas entre as árvores. Para chegar lá, é preciso atravessar uma ponte de madeira em arco sobre um riacho.

“Os aromas da floresta tropical tornam-se parte essencial do momento de relaxamento e revitalização, misturando-se harmoniosamente com os sons da vida selvagem ao redor”, descrevem os responsáveis. Todos os 11 bungalows têm banheiras de hidromassagem privadas com aquecimento incorporado. A lista de serviços disponíveis inclui vários tipos de massagens terapêuticas, terapias medicinais típicas da Costa Rica, rituais holísticos, faciais e de beleza.

A maioria dos tratamentos são feitos com ingredientes locais e naturais, incluindo lama vulcânica que ajuda a desintoxicar a pele e melhorar a circulação sanguínea. Por exemplo, pode optar por uma massagem à base de ananás, mirtilos e morangos, ou então de abacate com aloé vera e chá-verde — ambas “ricas em antioxidantes, magnésio, colagénio e potássio.” Também há a opção de fazer uma esfoliação corporal com café ou chocolate, que ajuda a remover as células mortas e prevenir o envelhecimento da pele.

O principal objetivo do Tabacón Thermal and Resort Spa é “ajudar os hóspedes a encontrarem paz e a restaurarem o equilíbrio entre mente, corpo e espírito”. O conceito foi idealizado por Jaime Mikowski. O arquitecto visitou o local na década de 80 e ficou encantado com os riachos de água quente que corriam entre as árvores da região.

Mikowski conseguiu convencer os antigos proprietários a venderem-lhe uma parte do terreno e passou os meses seguintes a tentar que os amigos investissem na sua ideia de criar um centro de bem-estar, “centrado no conceito de um encontro natural”, lê-se no site oficial do resort.

O projeto arrancou em janeiro de 1991. Começaram por reflorestar os espaços que cercavam as piscinas e o restaurante — que, entretanto, foram ampliados. Plantaram cerca de 200 espécies novas, fazendo com que as águas cristalinas desaguassem em cascatas e pequenas lagoas que se encontravam escondidas pela vegetação selvagem.

O resort que acolhe um hotel com 42 ​​quartos foi inaugurado no final de 1997. Pouco depois começou a ser procurado como um destino internacional — e hoje é um dos mais visitadas do país. Ao longo dos anos, o complexo foi renovado várias vezes. Atualmente, abrange cerca de 364 hectares, tendo-se tornado “o maior conjunto de fontes termais naturais da Costa Rica”.

Caso queira visitar o espaço apenas durante um dia, com horário livre das 10 às 22 horas, saiba que o passe de entrada custa cerca de 82€ para os adultos e 43€ para os miúdos. Se ficar hospedado num dos 102 quartos do hotel Tabacón, não tem de pagar pelo acesso ao rio termal e às piscinas, tendo ainda direito a uma área exclusiva, o Shangri-La Gardens, o refúgio apenas para adultos.

É possível tomar banho nas cascatas.

No local estão ainda disponíveis dois restaurantes, onde servem “receitas tradicionais e culinária internacional, para criar pratos inovadores com ingredientes regionais” e quatro bares, onde os sabores tropicais das frutas da floresta, como a banana e a goiaba, são os protagonistas.

Para quem não quer deixar o exercício físico de lado durante a estadia, há um ginásio e um estúdio de ioga que pode utilizar, e outra das vantagens do alojamento é a vista das diferentes habitações. Todas têm uma parede inteira de vidro, com vista para a paisagem que o rodeia e, além disso, algumas estão equipadas com um jaccuzzi.

Já que está no local, pode aproveitar e visitar o Parque Nacional Vulcão Arenal ou fazer algumas das muitas atividades que o resort tem disponíveis, como visitar diferentes rios, lagos e cascatas próximos, explorar os fluxos de lava ou avistar animais. Também pode alugar uma bicicleta, fazer diferentes caminhadas e passeis, praticar windsurf e wakeboard, canoagem e até passeios a cavalo.

Como lá chegar

A forma mais fácil de chegar até ao Tabacón Thermal and Resort Spa, é apanhar um voo em Lisboa, Faro, ou no Porto — que faz escala em Madrid — e segue até ao aeroporto internacional de Juan Santamaria, em San José (custa cerca de 900€). Uma vez lá, o restante caminho até à cidade de La Fortuna (cerca de duas horas) pode ser feito de carro ou transportes e depois o resort fica a penas 10 minutos de viagem.

Carregue na galeria para ficar a conhecer melhor a maior rede de fontes termais de fluxo natural da Costa Rica.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT