Saúde

OMS recomenda mais dois novos medicamentos para tratar a Covid-19

São para casos específicos da doença e têm o objetivo de reduzir os efeitos mais graves nos pacientes infetados.
São mais dois dos medicamentos aprovados.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) propõe a utilização de mais dois novos medicamentos para reduzir os efeitos graves da Covid-19. As mais recentes indicações foram enunciadas esta sexta-feira, 14 de janeiro, na revista médica “The BMJ” por especialistas da organização.

Em causa está um tratamento com anticorpos sintéticos, o sotrovimab, e um medicamento normalmente usado para a artrite reumatoide, o baricitinib. No entanto, estes fármacos não são adequados para todo o tipo de doentes que estejam infetados com o coronavírus.

No caso do sotrovimab é indicado para casos leves, mas com um elevado risco de hospitalização, como os que tenham outras doenças associadas de com idade mais avançada.

O baricitinib está indicado para doentes críticos. Ainda assim, este tratamento deve ser feito juntamente com corticóides. No artigo publicado, a OMS explica que estes tratamentos “aumentam as taxas de sobrevivência e reduzem a necessidade de ventilação mecânica” dos pacientes com Covid-19.

A lista de medicamentos recomendados é atualizada pela OMS sempre que recebe novos resultados de ensaios clínicos realizados com diferentes pacientes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT