Saúde

Paracetamol, xaropes e outros medicamentos já estão em falta nas farmácias nacionais

O Infarmed revela que não há razão para alarme e que a escassez se deve ao aumento de casos de infeções respiratórias.
Tem havido um aumento de procura.

A chegada do tempo frio está a agravar a falta de alguns medicamentos nas farmácias. Depois dos fármacos para a diabetes e hipertensão, os antibióticos e xaropes também começaram a escassear. Contudo, a Autoridade Nacional do Medicamento — Infarmed e os farmacêuticos garantem que não há razão para alarme.

O presidente da Associação de Lares e Casas de Repouso, João Ferreira de Almeida, refere ao “Correio da Manhã” que o problema só será regularizado em janeiro. Ainda assim, o Infarmed reconhece a ruptura nas substâncias propranolol (usada para controlar a hipertensão) e na semaglutida (indicada para a diabetes).

Porém, a falta de medicamentos está a agravar-se e já chegou a outros fármacos muito utilizados pelos portugueses. O paracetamol, ou Ben-U-Ron, são dois exemplos dados pelas farmácias. O mesmo jornal revela que também faltam xaropes não sujeitos a receita médica para tratar a febre ou dores. Os profissionais justificam esta ruptura com o aumento de casos de infeções respiratórias nas últimas semanas em Portugal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT