Saúde

Pele irritada? Dificuldade em respirar? Os melhores truques para usar máscara

Não foram feitas para cheirarem bem, serem bonitas ou confortáveis. Mas há pequenos ajustamentos que podem melhorar a sua vida.
Não tem que ser uma tortura.

Não há volta a dar: goste-se ou não dela, a máscara é o acessório de tendência obrigatória, seja verão, outono ou inverno. Usamo-la por todos os bons motivos, embora isso não signifique que não traga consigo uma dose de esforço e sacrifício. Não tem que ser assim.

Desde logo, a desculpa de que não consegue respirar com a máscara não tem fundamento — partindo do princípio, claro, que não tem quaisquer problemas respiratórios.

Está mais do que provado que o seu uso não reduz o fluxo de oxigénio, pelo menos no que concerne as máscaras cirúrgicas e de tecido. E mesmo nas bem seladas N95, só se registam reduções ao fim de várias horas de uso, embora não representem qualquer tipo de perigo para pessoas saudáveis — quem o diz é a Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. 

O que não é mito é algum desconforto que elas podem causar, seja ao nível de irritações provocadas pelos elásticos ou o constante embaciar dos óculos. Para tornar a vida mais fácil, juntámos algumas dicas e truques que o vão ajudar sentir-se mais confortável (e seguro) com a máscara posta.

Os odores

Provavelmente já reparou que as máscaras tendem a ter um aroma pouco agradável. É natural. Elas não foram feitas para cheirarem bem — mas até isso tem uma solução simples. Médicos e enfermeiros recomendam aplicar levemente um spray antibacteriano usado na roupa lavada.

Controlar os elásticos

Uns são mais apertados do que outros e, seja qual for a situação, ao fim de algumas horas podem começar a deixar a sua marca na pele e nas orelhas. Para evitar esta fricção constante, pode usar um truque simples.

Pegue num clipe e use-o para prender e unir as duas pontas dos elásticos atrás da cabeça. Dessa forma, reduz-se a fricção exercida pelos elásticos sobre a pele.

Qualquer uma destas soluções o vai ajudar.

Há também quem opte por usar uma destas fitas de cabelo com botões, nos quais é possível prender a máscara, sem recorrer às orelhas.

O truque do rebuçado

Mesmo que o fluxo de oxigénio não seja afetado, a sensação de respiração abafada é bastante real, embora não passe disso. Ainda assim, é suficientemente desconfortável para que se torne num dissuasor.

Os mais experientes recomendam que tenham sempre um rebuçado de mentol que não só ajuda a manter o hálito fresco e bem-cheiroso — uma excelente vantagem, já que vai estar a cheirá-lo durante muito tempo —, mas também dá a sensação de estar menos preso a uma máscara.

O pesadelo de quem usa óculos

Já todos passaram pela frustrante experiência de tentar manter as lentes desembaciadas, sem sucesso. O ar quente da respiração tende a subir pela face e a refletir diretamente nas lentes e, por isso, a primeira dica passa por tentar selar bem a união entre o nariz e a máscara, adaptando na perfeição a zona adaptável.

Se ainda assim o problema se mantém, recomenda-se que lave os óculos com água e sabão, deixando os secar antes de usar. E se mesmo assim não tiver sucesso, tente usar os óculos mais próximos da ponta do nariz.

Escolher bem o tecido

As máscaras sociais são mais simples e práticas do que as cirúrgicas. Podem ser lavadas e reutilizadas, embora nem todas sejam perfeitas.

Na hora de escolher uma, deve optar por máscaras de algodão, um tecido com boa ventilação e que impede a acumulação de humidade emitida pelo hálito e pela transpiração. A evitar: máscaras de poliéster que tendem a acumular humidade devido às propriedades resistentes à água.

Cuide da pele

Fica o aviso: quem tem pele seca pode e deve colocar hidratante antes de usar a máscara. O objetivo passa por evitar que a pele fique irritada, sobretudo nas zonas de fricção.

Por outro lado, quem tem uma pele mais oleosa deve evitar bases líquidas que podem tapar os portos. Para as peles sensíveis, recomenda-se lavagem frequente antes e depois do uso — e evitar completamente o uso de qualquer tipo de maquilhagem.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT