Saúde

Pelo menos 90% da população mundial tem imunidade contra a Covid-19

A estimativa foi feita pela Organização Mundial de Saúde, mas ainda podem aparecer novas variantes.
Boas notícias.

Ao que tudo indica, o mundo caminha a passos largos para o fim definitivo da pandemia: pelo menos 90 por cento da população mundial atingiu a imunidade contra a Covid-19. A estimativa foi revelada esta sexta-feira, 2 de dezembro, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Ainda assim, o vírus continua a ser uma ameaça, segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus. As lacunas na vigilância, nos testes, na sequenciação genética do coronavírus e na vacinação “continuam a criar as condições ideais para o aparecimento de uma nova variante preocupante que pode causar uma mortalidade signifiticativa”.

A mais preocupante é a variante Ómicron — dominante no mundo —, que tem mais de 500 subvariantes, todas elas muito contagiosas e com mutações genéticas capazes de superar as barreiras imunitárias mais facilmente, mas sem causar doença grave, segundo a OMS.

Em Portugal, quase 96 por cento da população já atingiu imunidade contra o vírus, segundo as conclusões apuradas na quarta fase do Inquérito Serológico Nacional Covid-19. Os dados referem que a faixa etária mais protegida é a dos jovens entre os 20 e os 29 anos, com cerca de 98,6 por cento de imunidade. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT