Saúde

Portugal continua a preparar-se para uma segunda vaga da Covid-19

António Lacerda Sales disse que o governo tem vindo a"preparar-se para o pior, esperando o melhor".
Os números aumentam diariamente.

É uma pergunta frequente nas conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia no nosso País e esta segunda-feira, 28 de setembro, não foi diferente. Questionado sobre uma segunda vaga do novo coronavírus, o secretário de Estado adjunto da Saúde disse que o governo se tem vindo a “preparar o pior, esperando o melhor”.

“Temos estado a implementar um conjunto de medidas ao nível regional, local, ao nível dos hospitais, e agora vamos aumentar a capacidade de testagem, através da duplicação da capacidade e também com a possibilidade de introduzirmos ou não novos tipos de testes”, disse António Lacerda Sales.

E continuou: “É um trabalho que já vem de trás, de maio, junho, julho, onde temos vindo a reforçar a nossa resposta ao nível das diferentes instituições.”

O grande desafio, garantiu, é agora o de responder à Covid mas ter também uma resposta pronta para os casos não-Covid.

Sobre o mesmo tema, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse que “o nosso grande desafio este inverno é o de saber se uma infeção respiratória advém de uma gripe, do frio, ou do novo coronavírus”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm
Novos talentos

AGENDA NiT