Saúde

Portugal pode alcançar a imunidade de grupo em agosto

Se não houver atrasos na produção, a tal referência de 70 por cento de imunidade poderá chegar um pouco antes do esperado.
Vacinação continua a decorrer.

Foi a 27 de dezembro que o plano de vacinação contra a Covid-19 começou em Portugal. A estimativa mais recente para se atingir o valor referência, de 70 por cento de imunidade de grupo, apontava para o final do verão. É, no entanto, possível que consigamos atingir esse valor um pouco antes.

A informação foi avançada pelo próprio oficial Henrique Gouveia e Melo, coordenador do grupo da task force da vacinação em Portugal, durante a reunião desta segunda-feira, 22 de fevereiro, do Infarmed.

Se o ritmo de produção e distribuição de vacinas se mantiver, a previsão para a imunidade de grupo ser atingida “pode passar do fim do verão para meados de agosto ou o início de agosto”.

“O cenário mudou desde dia 19 de fevereiro, a redução no primeiro trimestre continua a confirmar-se, apesar de ser menor”, destacou ainda o coordenador. “Vai haver uma concentração de vacinas já no segundo trimestre”, o que poderá permitir aumentar a velocidade de vacinação no País para “cerca de cem mil inoculações por dia”.

Gouveia e Melo adiantou ainda que que  4,5 por cento da população já recebeu a primeira dose da vacina, enquanto 2,7 por cento já receberam as duas doses. “Está a vacinar-se com o máximo da capacidade, perante as vacinas que chegam a Portugal”, salientou.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT