Saúde

Quem já foi vacinado pode deixar de ser obrigado a usar máscara — dizem especialistas

Alívio de restrições não seria para já mas está em cima da mesa um plano faseado, pensado em quem já recebeu as duas doses.
Algum regresso de normalidade.

Não é uma licença para deixarmos de ter cuidados. Apesar de tudo, é um sinal de alguma normalidade, a lembrar os tempos antes da pandemia. Com o avanço da vacinação e aumento de imunidade, peritos começam a falar sobre quando poderemos aliviar o uso de máscaras. 

Os primeiros sinais chegaram até dos EUA, que nos últimos meses avançou em força com a vacinação. No mês passado, o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças alterou mesmo as orientações: duas pessoas que estivessem juntas e já tivessem recebido as duas doses da vacina contra a Covid-19, já poderiam ter uma abordagem mais relaxada em termos de uso de máscara e distanciamento social.

Em Portugal, revela o “Público”, este debate também já se está a fazer entre especialistas e autoridades. A ideia passa por, ao longo do tempo, e nos casos em que falamos de pessoas já vacinadas, começar a ser possível aliviar algumas das restrições que passaram a tomar parte na nossa vida social.

Nesta altura, Portugal vai avançar com a vacinação de pessoas a partir de 55 anos, independentemente de terem qualquer outra doença associada. O impacto da vacina já vai sendo sentido, em especial no número de óbitos entre os mais velhos. E seria precisamente quem já tem a vacinação completa que poderia começar a dispensar o uso de máscara.

De acordo com a pneumologista Raquel Duarte, uma das especialistas convidadas pelo Governo e secretária de Estado da Saúde entre 2018 e 2019, o plano a ser trabalhado é “uma proposta equilibrada, com vista a libertar, mas ao mesmo tempo proteger, garantindo que atingimos uma normalidade responsável rapidamente.”, adiantou ao mesmo jornal.

Da mesma forma que o País desconfinou por fases, também o alívio de restrições sociais seria faseado. Para tal, será preciso continuar a progredir de forma clara na vacinação e continuar a testar em massa como forma de manter controlo sobre o contágio. E uma coisa é certa: as máscaras e o distanciamento social, seriam ainda regra geral, para com o tempo deixarem de ser uma imposição para quem já está imunizado.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT