Saúde

Reações à vacina da AstraZeneca colocaram de baixa quase 100 professores em Espanha

Os docentes de Madrid revelaram que sentiram dores no corpo e febre depois de receberem a injeção.
Continuam as polémicas.

Esta semana, 91 professores foram forçados a meter baixa na região de Leganés, em Madrid. Dias antes, receberam a primeira dose da vacina da AstraZeneca, que acabou por provocar alguns efeitos secundários que os impediram de trabalhar.

Os professores queixaram-se de febre e mal-estar generalizado, dois sintomas que já faziam parte da lista de reações possíveis, criada pela farmacêutica. Todos os casos assinalados esta segunda-feira, 1 de março, receberam a vacina durante o fim de semana.

O Governo Regional de Madrid estima que, só nesta segunda-feira, foram registados mais de meia centena de baixas. As autoridades espanholas estimam que, entre os professores, já terão sido vacinados mais de 24 mil.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT