NiTcom

Sabia que existe uma vacina oral que protege os seus filhos de vírus e bactérias?

A vacina contra a gripe sazonal pode não ser suficiente. Esta solução estimula o sistema imunitário e pode ser tomada por crianças a partir dos seis meses de idade.
A forma ideal para se sentir bem.

O mês de setembro é sinónimo de um regresso inevitável à rotina, geralmente acompanhado por elevados níveis de stress. É preciso voltar a organizar tudo para o trabalho, acordar cedo e despachar os miúdos a correr para os deixar na escola e sair de casa mais cedo para evitar as filas de trânsito habituais.

Além disso, o começo do outono traz consigo os dias mais frios e, consequentemente, as gripes, as pneumonias, as faringites ou as bronquites. Como bem sabemos, apesar de não escolherem idade nem género, as infeções respiratórias típicas destes meses mais frios afetam não só os idosos, mas também as crianças.

É nesta altura que elas regressam às salas de aulas, às atividades diárias e às brincadeiras com os colegas, aumentando inevitavelmente a facilidade de transmissão dos vírus caso as defesas do seu organismo estejam menos resistentes. 

É perfeitamente natural que durante estas estações o corpo das crianças receba menos reforços naturais, enfraquecendo os mecanismos de defesa do organismo, que deixam de conseguir protegê-las dos vírus e bactérias. Quer isto dizer que existe uma relação direta entre o risco de desenvolver estas infeções e o estado dos seus sistemas imunitários.

Ou seja, quanto mais fortalecido ele estiver, menor será a probabilidade de o seu filho ficar infetado – tenha a idade que tiver. Apesar de não conseguirmos prever o seu início e intensidade, a verdade é que não há inverno sem gripe – e este ano, mais do que nunca, todos os cuidados serão poucos para manter o nosso corpo forte e saudável. 

Assim, o melhor mesmo é antecipar já o inverno e proteger-se a si e aos seus filhos de forma a garantir a melhoria das defesas para prevenir e reduzir o risco de infeções respiratórias nos próximos tempos. Como? A adoção de estilos de vida saudáveis, como a prática de exercício físico regular, um sono adequado e uma alimentação completa, variada e equilibrada têm um papel importante na prevenção do vírus da gripe, é verdade.

Mas não chega – é preciso recorrer à vacinação, a única ferramenta que nos permite chegar a uma sociedade saudável e livre de doenças preveníveis.

As vacinas 

Já é sabido que a vacina contra a gripe sazonal garante uma imunidade à estirpe principal do vírus. Porém, ela não confere qualquer proteção contra outras bactérias nem estimula as defesas naturais do sistema imunitário. Ou seja, vacinar-se contra a gripe é uma ajuda preciosa, sim, mas a sua toma não garante que esteja completamente protegido contra outras patologias.

Esta vacina pode não ser, por isso, suficiente – e os seus efeitos estão dependentes do estado de saúde e funcionamento do sistema imunitário de cada pessoa. É por isso que há cada vez mais médicos a recomendar a toma da vacina oral, que assume um papel essencial ao poder ser associada à vacina contra a gripe sazonal.

O nosso conselho? Visite o site antecipeoinverno.pt e fale com o seu médico sobre esta hipótese. Ele dir-lhe-á se a vacinação oral é a solução certa para o proteger a si, aos seus filhos e à sua família nos próximos meses frios.

Este artigo foi escrito em parceria com a OM Pharma.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT