Saúde

Tossiu de propósito para cima da ex-mulher quando estava com Covid e foi condenado

Casal austríaco estava em processo de divórcio e ainda partilhava a mesma casa na altura.
Acabou condenado.

O caso remonta ao passado mês de novembro mas a sentença só foi conhecida na terça-feira, 11 de maio. Um homem de 63 anos foi condenado num tribunal de Linz, na Áustria, por ter infetado deliberadamente a mulher, de 70 anos.

Na altura, o casal estava já a tratar do processo de divórcio mas ainda vivia junto. Quando o homem, cujo nome não foi revelado, foi infetado com Covid-19, fez questão de tossir para cima da mulher. Esta acabaria por ficar também infetada com a mesma doença.

O caso, adianta a “Euronews”, foi agravado pelo facto de o tribunal ter dado como provado que o mesmo homem ameaçou a antiga companheira e chegou mesmo a apertar-lhe a garganta numa ocasião, com o intuito de a expulsar de casa.

Numa primeira fase o homem negou as acusações mas decidiu não apresentar recurso. Foi condenado a pagar mil euros de indemnização à mulher (que entretanto recuperou bem da doença). Foi condenado a uma pena suspensa de nove meses de cadeia.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT