Saúde

Urgência de pediatria do hospital de Évora encerrada por falta de médicos

Serviços estarão condicionados nos próximos dias. Em alternativa, as pacientes devem recorrer à linha de Saúde 24.
Os médicos estão em negociações há meses.

A urgência pediátrica do Hospital de Évora estará encerrado a partir das 21 horas desta quinta-feira, 30 de novembro, até à manhã seguinte. O serviço não pode ser assegurado de forma regular por falta de médicos e, por isso, a unidade de saúde recomenda aos pais que recorram, em alternativa, à linha de Saúde 24 para serem encaminhados.

A administração do hospital partilhou um quadro no site oficial onde detalha os constrangimentos dos serviços. A urgência pediátrica está a funcionar, esta quinta-feira, entre as 9 e as 21 horas, com constrangimentos. O serviço só garante resposta a “doentes referenciados pelo CODU/INEM, Saúde 24 ou outros médicos”.

urgências
O quadro disponibilizado.

O funcionamento dos serviços de cirurgia geral e medicina interna daquele hospital também será afetado até às 8 horas de quinta-feira, 30 de novembro.

Perante as limitações, a administração apelou aos utentes para contactarem a Linha Saúde 24 antes de se dirigirem ao hospital, “para serem encaminhados em função da gravidade do seu quadro clínico”.

Mais de 30 hospitais do País estão a enfrentar constrangimentos e encerramentos temporários de serviços devido à falta de médicos, provocada pela escusa dos profissionais ao trabalho extraordinário além das 150 horas anuais obrigatórias.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT