saúde

Especialistas avisam: uso de máscara pode atrasar o desenvolvimento de bebés e crianças

Entre os principais riscos está a linguagem não verbal e a aprendizagem de palavras, tudo dificultado pelo uso desta proteção individual.
A solução pode estar em máscaras transparentes.

Vários especialistas afirmam que o uso de máscaras em creches e infantários vai atrasar o desenvolvimento dos bebés. Entre os principais riscos está a linguagem não verbal e a aprendizagem de palavras, tudo dificultado pelo uso desta proteção individual. Uma das soluções pode passar pela utilização de máscaras transparentes.

Segundo o jornal “Público”, aqui citado pelo “Observador“, que falou com vários especialistas e representantes de área da educação e da psicologia, bebés e crianças mais pequenas estão a passar várias horas com professores e cuidadores que usam máscara.

A leitura de rostos, ver expressões faciais e apreender a articulação de palavras estão entre as principais consequências. Existe uma privação de todas estas informações que por norma seriam recebidas.

Ao jornal, a psicóloga Clementina Almeida sugere mesmo a utilização de máscaras transparentes para que os miúdos possam ter acesso a essa informação e não prejudicar o seu desenvolvimento.

No artigo é ainda citado um estudo feito na China sobre os efeitos do SARS entre os anos de 2003 e 2004. No país, o uso de máscara levou a atrasos linguísticos e nas competências sociais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT