Saúde

Vacina contra a SIDA foi testada com êxito (graças à técnica usada na Covid)

A comunidade científica está entusiasmada com os primeiros resultados em laboratório e pretende agora evoluir para os testes em humanos.
São boas notícias.

A tecnologia usada para a produção de duas vacinas contra a Covid-19, o mRNA, esteve na origem do desenvolvimento de uma vacina experimental contra a SIDA e que apresentou bons resultados nos testes realizados em ratos e macacos. Esta informação foi publicada na quinta-feira, 9 de dezembro, na revista científica “Nature Medicine”. 

Os primeiros indicadores revelaram-se bastante positivos, uma vez que forçou os organismos a produzirem respostas imunitárias celulares e de anticorpos contra um vírus semelhante ao HIV. Segundo a equipa de especialistas liderada por Paolo Lusso no Instinto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas, que está integrado no Departamento de Saúde dos Estados Unidos, os macacos que receberam a primeira dose, e respetivo reforço, passaram a ter um risco 79% menor por exposição a uma infeção pelo vírus da imunodeficiência humana e símia, em comparação com outros animais não vacinados.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT