Saúde

Vários enfermeiros com “efeitos incapacitantes” após segunda dose da vacina

Ordem dos enfermeiros relata sintomas que impossibilitaram vários profissionais de trabalhar.
Pede-se que não tomem muitos profissionais em simultâneo.

Esta semana, vários enfermeiros fizeram a segunda toma da vacina contra a Covid-19. A Ordem dos Enfermeiros, citada pelo “Expresso”, relata reações por parte destes profissionais que os obrigaram a ficar em casa.

São eles febre, fadiga, dores musculares e dores de cabeça intensas, que impediram vários enfermeiros de trabalhar. A Ordem pede aos serviços que não procedam à vacinação de vários profissionais em simultâneo, para que o impacto nos serviços de saúde não seja relevante.

“Vários relatos de enfermeiros que após a toma da segunda dose da vacina contra a Covid-19 manifestaram efeitos secundários incapacitantes, situação que os obrigou a ficar em casa, sem poder trabalhar”, refere uma nota da Secção Regional do Centro.

Ricardo Correia de Matos, presidente da secção do Centro, apela a que seja dado “seguimento ao plano de vacinação estipulado de forma faseada, para que não se verifiquem problemas acrescidos na disponibilização de recursos humanos para os diversos serviços hospitalares, incluindo as áreas Covid”.

A Ordem dos Enfermeiro “aconselha” ainda “todos os conselhos de administração dos grandes centros hospitalares a terem cautela e prudência na decisão de vacinar todos os enfermeiros ao mesmo tempo”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT