Saúde

Wuhan pode não ter sido o local de origem da Covid-19

A possibilidade foi admitida pela Organização Mundial da Saúde esta terça-feira, 4 de agosto.
Ninguém tem certezas.

A Organização Mundial de Saúde enviou uma equipa de peritos até Wuhan para, em conjunto com cientistas chineses, averiguarem a origem do novo coronavírus. Entre várias conclusões, os dirigentes da organização revelaram esta terça-feira, 4 de agosto, que podem existir algumas imprecisões no desenho feito até agora da pandemia, nomeadamente na sua origem.

“É preciso lembrarmo-nos que estava montado um sistema de vigilância em Wuhan para detetar casos de pneumonia atípica. Estava lá com um propósito muito específico e o facto de o alarme ter soado lá, não significa necessariamente que foi lá que a doença passou dos animais para os humanos”, revelou Michael Ryan, o diretor-executivo dos programas de emergências da saúde da OMS.

A investigação ainda está em curso e os resultados oficiais só serão revelados mais tarde, embora se saiba que o mais provável é que o Sars-CoV-2 tenha tido origem em morcegos e que terá passado por um outro animal antes de finalmente infetar os seres humanos.

A missão atual tem como objetivo preparar o terreno para para uma investigação ainda maior. À China chegarão diversos especialistas internacionais que irão trabalhar em conjunto com cientistas locais para perceberem, de vez, como é que o vírus surgiu.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT