Saúde

“Se o uso das máscaras rondasse os 95%, os confinamentos não seriam necessários”

A declaração foi feita pelo diretor regional da OMS na Europa, Hans Kluge.
Há outras soluções

A posição da Organização Mundial da Saúde, numa altura em que a segunda vaga alastra sem pico à vista, é a de que os “confinamentos são evitáveis”, explica diretamente Hans Kluge, diretor regional da organização para a Europa, numa conferência de imprensa nesta quinta-feira, 19 de novembro.

“Mantenho a minha posição de que os confinamentos são uma medida de último recurso. Se o uso das máscaras atingisse os 95%, os confinamentos não seriam necessário.”

Outro dos pontos sublinhados pelo responsável foi o de que o fecho de escolas também não é eficaz na travagem da propagação da pandemia. Para o diretor da OMS, é crucial que seja “assegurado o ensino aos nossos filhos”, explicando também que não se acredita que crianças e adolescentes sejam impulsionadores do contágio.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT