Na cidade

Expo Dubai 2020 homenageia língua portuguesa com o Festival da Lusofonia

É um dos momentos chave da participação portuguesa no gigante evento mundial. Acontece no principal recinto de espetáculos da exposição.
O fadista Marco Rodrigues vai estar presente.

Falada por mais de 260 milhões de pessoas em cinco continentes, a Língua Portuguesa vai ser uma das homenageadas no Festival da Lusofonia, que acontece entre esta quinta-feira, dia 14 de outubro, e sábado, 16, na Expo 2020, no Dubai. Na celebração vão estar presentes diversos artistas de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e, claro, Portugal. 

Durante os três dias do festival, vão acontecer uma série de momentos chave de, por um lado, reconhecimento, e, por outro, de divulgação da Língua Portuguesa. Isto acontece, nem por acaso, exatamente no ano em que a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) comemora os seus 25 anos.

Da mesma forma, também a mostrar do Dubai para o mundo a diversidade de povos e culturas que partilha a mesma língua, o Festival da Lusofonia vai trazer vários artistas, claro, lusófonos, aos palcos da Expo, entre as 16 e as 23 horas, no principal recinto de espetáculos do evento: o Jubilee Park.

O fadista Marco Rodrigues, natural de Amarante, o músico cabo-verdiano Tito Paris, o grupo vocal feminino que interpreta músicas tradicionais portuguesas a capella, Sopa de Pedra, e Danças Ocultas, o quarteto de concertinas de Águeda são alguns dos nomes que sobem ao palco.

Ao evento chega ainda o talento de outros artistas, como “os angolanos Ary, Calabeto e Daniel Nascimento, o cantor General João Seria e o duo Filipe Santo & Olinda Beja, de São Tomé e Príncipe; Jomalu, de Moçambique; o trio guineense formado por Patchi Di Rima, Rui Sangará e Atanásio Hatchuen; a banda Cores de Aidê, do Brasil, entre muitos outros”, anuncia o gabinete de comunicação de Portugal na Expo Dubai.

Quem marcará também presença nesta edição do Festival da Lusofonia, que vai contar com a presença de todos os países de língua oficial portuguesa, será a ministra da cultura de Portugal, Graça Fonseca. 

A gigante exposição mundial, que arrancou no passado dia 1 de outubro, no Dubai, está a reunir, pela primeira vez, a essência de 191 países, distribuídos por centenas de pavilhões. O lema do evento é “Connecting Minds, Creating the Future” (“Ligando Mentes, Criando o Futuro”) e, especificamente, o mote da participação portuguesa junta a história com uma perspetiva de futuro virada para um País reinventado, multicultural e em permanente descoberta pelo exterior: “Portugal, Um Mundo num País”.

No caso de estar mais desatento, aproveite para saber tudo sobre o Pavilhão de Portugal, um edifício que funciona como uma espécie de viagem a Portugal e à Lusofonia, na Expo Dubai 2020. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT