viagens

Há uma nova piscina geotérmica na Islândia que tem de conhecer este verão

Em Húsavík, capital da observação de baleias, nasceu um banho salgado. O melhor é visitá-lo antes que o mundo descubra.
Os banhos são de água salgada.

A Islândia é conhecida por muitos tesouros: os seus glaciares e vulcões, o sol da meia noite e auroras boreais, as nascentes e cascatas e, claro, a sua Lagoa Azul. O que muitas pessoas não sabem é que, um pouco por todo o país, encontram-se várias fontes quentes feitas pela natureza com ajuda dos vulcões — e também diversas piscinas geotérmicas feitas pelo homem, mas nem por isso menos incríveis. No final do ano passado nasceu um novo complexo de banhos destes, com água quente que vem do fundo do oceano.

O espaço é tão bonito que o melhor é visitar ainda este ano, antes que comecem as enchentes — porque elas virão. O GeoSea foi inaugurado a 31 de agosto de 2018, teve a sua primeira época de inverno e inicia agora a época de verão — sim, porque na Islândia o início do verão celebra-se no final de abril — e já revela alguns sinais de bastante gente na sua página de Facebook e no Instagram, onde é um novo rei pela fotogenia das imagens.

Estamos a falar de uma área de banho de 500 metros quadrados com vista para as falésias oceânicas e montanhas cobertas de neve, ao lado de um lindo farol amarelo, ao norte da vila de Húsavík, no norte da Islândia.

Nesta vila, já de si turística, tudo é lindo e pitoresco: já há décadas que é considerado um dos melhores lugares para observação de baleias no mundo. Esta adição promete chamar mais turistas do que nunca.

No novo complexo encontra fontes termais de água salgada. Ela fica entre 38 a 39 graus Celsius durante todo o ano e acredita-se ter propriedades curativas devido à sua riqueza de minerais; nenhum produto químico é adicionado, pois há um fluxo constante pelas piscinas.

No país há diversas fontes termais naturais devido às fortes atividades vulcânicas, mas a maioria é de difícil acesso. Pelo que as mais visitadas e conhecidas são como esta: criadas pelo homem, mas com recurso da água quente.

Em Húsavík. durante séculos, explica a empresa nas suas redes sociais, o calor geotérmico foi conhecido pelos moradores, que o utilizavam para banhos e lavagens. A perfuração em Húsavíkurhöfði, em meados do século XX, encontrou água que se revelou do mar mas com calor subterrâneo, além de rica em minerais e adequada para aquecer casas. 

Em vez de deixar essa água quente ser desperdiçada, uma espécie de barril foi instalado e os moradores de Húsavík puderam desfrutar dos benefícios para a saúde de tomar banho em água do mar quente.

Agora, a água nos banhos de mar da GeoSea vem de dois furos de sonda, um localizado junto ao tal barril e o outro perto do porto de Húsavík. Não há necessidade de usar agentes de limpeza ou equipamentos, pois o fluxo contínuo vindo dos furos de sondagem, entre as piscinas, sobre as suas bordas e para o mar, garante que a água permaneça sempre limpa e recém-extraída da fonte geotérmica. 

Um sonho.

E depois há as vistas magníficas para a Baía Skjálfandi e em direção ao Círculo Polar Ártico. O espaço tem ainda um restaurante, onde onde pode fazer uma refeição ou relaxar a beber um copo.

E, nas redondezas, pode visitar a Cachoeira Goðafoss, o Lago Mývatn e outros locais na rota dos passeios da famosa Diamond Circle, uma estrada que dá a volta à ilha. Se for na primavera, ainda encontra os lindíssimos papagaios-do-mar.

Aberto até à meia-noite.

Os bilhetes para os banhos rondam os 30€ e podem ser comprados online. O horário entre 1 de maio e 30 de setembro é das 10 horas à meia-noite, todos os dias da semana.

Para chegar a Húsavík tem de apanhar um voo para Reykjavik, a capital da Islândia, e depois pode seguir num voo doméstico (a cidade tem um pequeno aeroporto). Ou simplesmente aproveitar o facto de estar num dos países mais bonitos do mundo e, de carro ou autocarro turístico, fazer o Diamond Circle. 300 quilómetros depois está nos novos banhos.

Os voos de Lisboa para Reykjavik rondam os 300€ em junho. Se quiser conhecer as melhores e mais populares piscinas geotérmicas da Islândia para aproveitar a viagem para visitar mais do que uma, pode consultar o site “Tudo sobre a Islândia”, uma plataforma de locais com dicas sobre o país.

Húsavik é assim.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT