Na cidade

Metros de Lisboa e Porto investem na expansão das redes com cerca de 50 comboios

Está prevista a aquisição de 24 novos veículos na capital e de 22 novos comboios para a cidade no norte do País.
O funcionamento dos novos percursos deve ocorrer entre o final de 2025 e 2026.

A expansão das redes do metro em Lisboa e no Porto vai exigir um investimento em 45 novos comboios. A notícia foi avançada pelos líderes das duas empresas de transporte esta segunda-feira, dia 16 de maio, no congresso da ferrovia, em Leixões.

No caso da capital, serão adquiridos 24 novos veículos, com três carruagens cada, para entrarem ao serviço da linha vermelha. O objetivo é estender o percurso entre São Sebastião e Alcântara, a iniciar funcionamento até 2026. Porém, Vítor Domingues dos Santos, presidente do Metro de Lisboa, não nega que possam ser necessários mais 12 comboios adicionais.

O Porto precisa de mais 22 novos comboios, superando a inicial estimativa de 16 veículos ligeiros. Em termos de carruagens adicionais, também se está a avaliar a opção de mais dez. O projeto de expansão da rede deve ficar concluído até ao final de 2025, visando cinco novas linhas e o prolongamento da prevista linha circular, com a construção do troço entre a Casa da Música e Asprela.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT