Miúdos

Barbie celebra o Dia da Mulher com novas bonecas de ícones femininos

Shonda Rhimes, a criadora de "Anatomia de Grey" e Pat McGrath, uma makeup artist britânica, são algumas das homenageadas.
Estão idênticas.

O Dia Internacional da Mulher pretende enaltecer todas as pessoas do género feminino, reconhecendo todas as dificuldades e discrepâncias que enfrentam quando comparadas com os homens. Além disso, é a altura ideal para mostrar à geração mais nova exemplos de mulheres bem sucedidas. É a partir desta ideia que surge a nova campanha da Mattel, empresa que produz as famosas bonecas Barbies.

“Com o intuito de relembrar que as meninas podem ser o que quiserem, a Barbie atribui o merecido destaque a doze mulheres de diferentes nacionalidades que lideram as suas respetivas indústrias”, explica a empresa em comunicado. Algumas caras, ou bonecas, serão mais familiares, enquanto que outras poderão passar despercebidas. Porém, todas retratam mulheres com enorme impacto nos seus campos.

Shonda Rhimes é uma das homenageadas nesta iniciativa. A boneca que representa a criadora de “Anatomia de Grey” surge com uma enorme saia colorida. A ela juntam-se a britânica Pat McGrath, makeup artist e fundadora dos laboratórios Path Mcgrath; a chinesa Lan Yu, fashion designer; a francesa Lena Mahfouf, criadora digital, entre várias outras.

“Sabemos que as crianças são inspiradas pelo que as rodeia, e é por isso que é tão importante que as meninas se vejam refletidas em modelos que ousadamente ultrapassam obstáculos para se tornarem mulheres corajosas”, diz Lisa McKinght, vice-presidente sénior da Mattel. “Neste Dia Internacional da Mulher, estamos orgulhosos por homenagear 12 mulheres pioneiras em todo o mundo e ajudar assim a capacitar a próxima geração de líderes femininas, ao partilharem as suas histórias.”

Infelizmente, as bonecas não estão à venda, servindo apenas como inspiração para as gerações mais novas. No entanto, a marca tem representações de vários outros ícones femininos à venda, como Rosa Parks, que em 1955 recusou a ceder o seu lugar no autocarro a um passageiro branco, durante a segregação racial nos EUA. Também pode encontrar versões das escritoras Maya Angelou e Helen Keller. Custam 32,14€ cada.

Foram homenageadas 12 ícones femininos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT