Miúdos

Este projeto português cria painéis sensoriais para os miúdos

Sustentáveis e feitas em Portugal, estas propostas em madeira estimulam o desenvolvimento pessoal dos mais novos.
Propostas a partir de 48 euros.

Em 2020, Filipa Castanhas decidiu dar vida a um projeto super inovador e totalmente dedicado aos mais novos: painéis sensoriais para estimular o desenvolvimento infantil. Falamos do Malik’s World, cujo nome e inspiração surgiu após o nascimento do filho, Malik. Foi nessa atura que a responsável começou a explorar o mundo da maternidade.

Com uma forte ligação às crianças, até porque já tinha sido babysitter e voluntária em alas pediátricas de hospitais, esta paixão pelo crescimento pessoal dos mais novos fez com que decidisse tirar um curso de auxiliar de educação e marcar presença em várias palestras sobre esta área.

Quando o filho nasceu, percebeu rapidamente que não tinha interesse pelos brinquedos tradicionais. Nessa altura, sentiu a necessidade de criar algo que proporcionasse ao seu filho a oportunidade de tocar em objetos e materiais, mais associados ao quotidiano dos adultos. Já que os mais novos “observam e tentam replicar o comportamento de todos à sua volta”, refere à NiT.

Seguindo a pedagogia Montessori, caracterizada pela autonomia, liberdade e desenvolvimento natural das capacidades e aptidões de cada criança, a fundadora criou painéis sensoriais em madeira.

Através destes modelos, as crianças podem mexer em vários objetos do quotidiano e acabar por aprender como funcionam, nomeadamente a atar os atacadores, a destrancar uma porta, a carregar num interruptor, a correr um fecho-éclair ou até a ligar uma ficha a uma tomada. Estas são apenas algumas das atividades que os miúdos podem experimentar.

Um dos modelos.

As peças são sustentáveis e produzidos inteiramente em Portugal, sendo toda a estrutura e tripé de apoio fabricada nas oficinas de carpintaria da Quinta Pedagógica Inclusiva, CASCI, no concelho de Ílhavo. As restantes peças são compradas, pintadas e colocadas pela própria responsável. 

A marca portuguesa tem mini painéis e painéis de dimensão normal, sendo que estes últimos contam com cinco coleções diferentes (algumas até já estão esgotadas). Os modelos de cada linha têm diversos elementos sensoriais, mas todos seguem o mesmo propósito: “Estimular o desenvolvimento da motricidade fina e da coordenação motora das crianças”, destaca Filipa Castanhas.

Além disso, são propostas minimalistas e com cores neutras, para terem um contacto mais real com a verdadeira textura e formato. Destinam-se a crianças dos oito meses aos três anos de idade, com três graus de dificuldade: fácil, médio e difícil. O objetivo é ir conquistando novos desafios e acompanhar o desenvolvimento dos miúdos nos primeiros anos de idade.

Com preços a partir dos 48 euros, nos formato mini, existem várias propostas e coleções que pode encontrar online.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT