Miúdos

O Pavilhão do Conhecimento faz 23 anos e no dia do aniversário ninguém entra calçado

A regra é simples: os visitantes deixam os sapatos à porta e andam descalços pelo espaço. O objetivo é aproximar-nos da ciência.
A entrada é grátis.

É já no dia 25 de julho, segunda-feira, que o Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, celebra 23 anos de atividades. Neste dia tão especial, os visitantes só têm de cumprir  uma regra simples: entrarem descalços.

Num comunicado divulgado pelo espaço em abril deste ano, explicaram que, devido às novas regras de acesso ao espaço, “os visitantes terão de deixar os sapatos à entrada”. Na base desta decisão estão os motivos de higiene e de saúde pública. O propósito destas regras passava também por, através da ativação sensorial da planta dos pés, aproximar o público da ciência, que se quer bem viva. 

No entanto, essa regra acabou por cair no esquecimento, pelo menos até ao dia 25 de julho. No dia do aniversário os visitantes vão mesmo ter de entrar descalços, mas com as Meias com Ciência nos pés. Assim conseguirão explorar a biodiversidade e a geodiversidade do Parque das Nações da melhor maneira.

Acompanhados pela equipa do Pavilhão do Conhecimento, vão “procurar vida aquática junto ao rio Tejo, ficar à escuta no Jardim das Ondas, identificar plantas no Jardim da Água e ‘caçar’ insetos no Jardim das Girafas”. Ao regressaram ao interior do espaço, terão à sua espera lupas e microscópios para analisarem em detalhe todas as amostras recolhidas nas meias.

Ao longo do dia, estão programadas várias atividades, entre as quais um peddy paper à procura de pegadas e vestígios de espécies escondidas nas salas expositivas do pavilhão.

“É urgente conhecermos o que se esconde aos nossos pés e acima da nossa cabeça para preservarmos a saúde do planeta e a saúde humana. O truque é simples: pensar global e agir local”, diz Rosália Vargas, diretora do Pavilhão do Conhecimento. Já que está por lá, não se esqueça de pedalar na bicicleta suspensa a vários metros do chão, desfazer um tornado com os dedos e explorar um hotel de insetos.

Além de deixar os sapatos à porta, pode perfeitamente deixar a carteira em casa. E porquê, perguntam vocês? Porque em dia de aniversário, a entrada no Pavilhão do Conhecimento é gratuita.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT