Miúdos

Pavilhão do Conhecimento está a oferecer 20 bilhetes diários

O maior centro de ciência viva do País criou uma iniciativa solidária para apoiar famílias que não têm condições de comprar os bilhetes.

O Pavilhão do Conhecimento sabe, mais do que ninguém, que a ciência é para todos — e qualquer pessoa pode vir a ser um cientista. Para promover a cultura científica e tecnológica na sociedade e, ao mesmo tempo, apoiar as famílias mais desfavorecidas, o maior centro de ciência viva do País criou uma nova bilheteira solidária.

Todos os dias, o Pavilhão do Conhecimento oferece 20 entradas gratuitas, disponíveis permanentemente, seja a título individual ou para famílias que desejem visitar este centro de ciência, mas que não têm condições financeiras de o fazer. Esta iniciativa solidária, criada há 25 anos, tem o objetivo de aproximar a ciência a todos os cidadãos, especialmente aos mais novos.

“Esta iniciativa é também uma resposta à realidade atual, permitindo igualmente aos cidadãos que se encontram em deslocação forçada ter acesso ao conhecimento no país de acolhimento, apesar da complexa situação global”, lê-se no site.

Para conseguir a entrada gratuita, os visitantes que não têm condições monetárias para comprar os bilhetes não precisam de provar a sua condição. Basta ir à bilheteira e perguntar pela bolsa de entradas solidária.

Até setembro de 2023, os visitantes podem visitar a nova exposição, intitulada “Dinossauros: O Regresso dos Gigantes”, onde irão encontrar diferentes espécies, sejam elas herbívoras, carnívoras, grandes, pequenas, couraçadas, com chifres, goles, cristas ou dentes afiados. Na mostra poderá conhecer os dinossauros de perto e vê-los à escala real. Como não poderia deixar de ser, o Tyrannosaurus Rex será o grande destaque. Trata-se de um dos maiores predadores que alguma vez existiu e, na altura em que existia, podia pesar até oito toneladas. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT