Back in Town

10 coisas que precisa de saber antes de comprar uma casa

Pedimos à dupla de agentes imobiliários que mais vende em Portugal, na Europa e no mundo (com exceção apenas dos EUA e Canadá) que nos revelasse todos os segredos.

Cuidado com a vizinhança — eles podem arruinar um negócio

Andreia Falcão e Miguel Valadas. Ele tem 45 anos, ela 49. Ele é licenciado em Gestão e trabalhava na Vodafone, ela tem o curso de Matemáticas Aplicadas, era professora de matemática e ainda tinha uma empresa de auditoria. São casados, naturais de Lisboa, trabalham na RE/MAX Expo e detêm três títulos que mostram como são os melhores dos melhores: são os agentes imobiliários que mais vendem em Portugal, na Europa e no mundo (com exceção apenas dos EUA e Canadá).

“O Miguel entrou na RE/MAX Expo em 2005 porque estava farto de ser apenas um número. De ter sempre prazos para cumprir, de viver num ambiente muito intenso”, conta à NiT Andreia Falcão. Cinco anos depois, foi ela quem decidiu juntar-se à equipa.

“O meu marido passou por uma fase em que o mercado estava muito bom e depois houve uma quebra. Perante isto, tivemos que nos virar para algum lado. Acabámos por aproveitar a lei dos vistos Gold para começarmos à procura de clientes no mercado internacional. Fomos os primeiros a acreditar nisso, e portanto fomos os primeiros a ter sucesso.”

A lei dos vistos Gold foi aprovada em 2012 e veio revolucionar o mercado imobiliário. Essencialmente, passou a dar o visto por um prazo de cinco anos a quem comprasse uma casa igual ou superior a 500 mil euros. Não precisavam sequer de residir cá, apenas passar pelo menos sete dias por ano em Portugal.

Num período de crise, Andreia Falcão e Miguel Valadas viraram-se para o mercado internacional em busca de compradores. Cinco anos depois, porém, o cenário é diferente.

“Em 2013 começámos a fazer muitas vendas e a sair da crise. Em 2014 o mercado imobiliário entrou em ascensão e em 2015 tínhamos saído da crise definitivamente. Hoje temos novamente portugueses a comprar e a fazer investimento.”

Andreia Falcão e Miguel Valadas são casados e campeões de vendas

Fora da crise, os portugueses voltaram a fazer investimento. A comprar imóveis, inclusivamente a pagar a pronto. “Tínhamos construtores que estavam a deixar de trabalhar nesta área nesta altura e que agora estão a investir novamente, a comprar prédios para remodelar e vender.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT