Na cidade

12 grutas espetaculares que tem mesmo de visitar em Portugal

A NiT falou com um especialista que está a fazer um doutoramento sobre grutas turísticas.
Realmente incrível.

Há 12 grutas turísticas em Portugal. A conclusão é do brasileiro Hugo Araújo, que está a desenvolver um doutoramento sobre o tema na Universidade de Lisboa. Depois de ganhar a bolsa promovida pelo governo brasileiro, o jovem de 31 anos chegou a Portugal em setembro de 2015 e começou a trabalhar na investigação. À NiT, o doutorando revela os primeiros dados do levantamento que já fez no País.

Ainda há muito para descobrir: até 2018, Hugo Araújo vai analisar todas as grutas turísticas em Portugal, fazer uma comparação com outras que existem no Brasil e em Espanha e perceber quais são os conceitos certos para desenvolver o turismo nestes locais. O projeto ainda está no início, mas Hugo Araújo já identificou todas as grutas turísticas que podem ser visitadas em Portugal — e revela, em primeira mão, o que de mais interessante existe em cada uma delas.

É importante perceber o que é afinal uma gruta turística. “Um gruta turística é uma cavidade natural que sofreu alguma adaptação para facilitar o acesso de pessoas”, conta Hugo Araújo à NiT. Além disso, as visitas a essas grutas são monitorizadas por uma instituição.

“Há uma concentração de grutas em dois sítios em Portugal: nas Serras de Aire e Candeeiros (três), que são de formação calcária, e na região dos Açores (cinco), que são tubos lávicos. Estas últimas são muito interessantes para mim, uma vez que no Brasil não há vulcões”, acrescenta.

“Por enquanto só visitei três grutas, as que ficam na zona das Serras de Aire e Candeeiros, uma vez que são as que estão mais perto de Lisboa. Mas até junho vou visitar todas, incluindo algumas em Espanha e no Brasil”. A sua maior expetativa está nas grutas açorianas.

Carregue na galeria para conhecer as 12 grutas turísticas em Portugal.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT