Na cidade

40% dos portugueses não acabou o secundário. A Escola do Saber quer mudar isso

Terminar o 12.º ano ou tirar um curso profissional certificado pode ser mais fácil do que imagina. E vai transformar a sua vida.
Está sempre a tempo de aprender mais.

Há cada vez mais portugueses a concluir o ensino superior e, no geral, o nível de escolaridade tem vindo a aumentar. Em 2022, Portugal atingiu o máximo de 61,2 por cento da população ativa com o ensino secundário concluído, segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística.

Ainda assim, esta formação académica pode não ser suficiente para ter sucesso profissional. Nesse mesmo ano, apenas 44 por cento dos portugueses havia concluído o ensino superior. E, embora seja nos mais velhos que se nota mais esta estatística, a verdade é que há formas de qualificar a população sem a necessidade de ir para a faculdade.

Na Escola do Saber, a oferta formativa pretende dar aos formandos capacidades em áreas específicas para ingressarem no mercado de trabalho. Os formandos são dotados com valências direcionadas para diferentes áreas profissionais, além de promover a formação contínua.

No caso dos cursos Formação = Profissão, é possível inscrever-se para áreas como auxiliar de saúde e geriatria, ação educativa, clínica dentária e veterinária, mas também para assistente de contabilidade, administração e recursos humanos e várias vertentes de massagem, marketing, design e multimédia.

E foi no curso de auxiliar de ação educativa que Ana Margarida Janeiro, agora com 36 anos e a trabalhar num jardim de infância, encontrou a solução para a sua vida. 

“Trabalhava na restauração e andava super frustrada com a minha vida. Já tinha interesse na área da educação há muito tempo, mas tinha medo de arriscar. Tenho uma mãe professora e uma tia educadora de infância, então sabia e sei que a educação em Portugal, não está no seu melhor há algum tempo e não se prevê propriamente melhorias. Mas estava na altura de mudar”, contou Ana.

A flexibilidade e acesso à educação são dois pilares da Escola do Saber, que oferece cursos com modalidades presenciais e online, tornando possível a aprendizagem independentemente da localização geográfica. Os formandos poderão realizar aulas práticas em contexto de trabalho e ainda um estágio curricular inserido no programa, que acaba por ser uma porta de entrada para um futuro emprego.

Foi através do modelo de b-learning que a Ana conseguiu realizar o seu curso e, com alguma sorte como conta, garantiu emprego no jardim de infância onde estagiou.

“Temos em conta as necessidades do mercado de trabalho e com a ajuda dos nossos formadores especializados nas várias áreas, pretendemos capacitar e empoderar jovens e adultos a nível académico e profissional com uma oferta de formação certificada pela DGERT (Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho)”, adianta Susana Almeida Santos, diretora da Escola do Saber.

César Pinto, de 24 anos, também mudou de área e garantiu um emprego mais fiável graças à aposta na Escola do Saber. 

“Quis mudar de emprego e ir para a área que realmente gosto e na qual quero estar empregado. O centro de formação era relativamente perto da minha área de residência e tinha o curso que eu pretendia. Ou seja, tinha as áreas todas que eu pretendia aprender, incluindo animais de grande porte”, explica o formando que após o curso de auxiliar de clínica veterinária e petshop também ficou com o trabalho no local onde estagiou.

Além destes cursos profissionais, neste centro de formação é possível aprofundar conhecimentos de forma mais especializada com cursos temáticos que vão de áreas como a estética e nutrição, ao marketing, línguas e até suporte básico de vida. 

A Escola do Saber não se esquece também dos quase 40 por cento dos portugueses que não terminaram o ensino secundário. Por isso mesmo, em formato online, existe um curso que possibilita a conclusão do 12.º ano num espaço de três, seis ou 12 meses, para que cada pessoa tenha a liberdade de escolher o melhor horário para realizar o seu estudo, de acordo com o seu estilo de vida.

No final, este curso oferece o certificado nível 3 do Quadro Nacional de Qualificações, reconhecido pelo Ministério da Educação, podendo ingressar no Ensino Superior, se assim quiserem.

Assim, se estiver a pensar investir na sua formação, explore o site da Escola do Saber para descobrir todos os cursos disponíveis.

Áudio deste artigo

Este artigo foi escrito em parceria com a Escola do Saber.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT