Na cidade

A notícia mais bonita do dia: nasceram três linces-ibéricos em Silves

A espécie em perigo de extinção está em recuperação e hoje há perto de 900 espécimes por todo o mundo.
São bem fofinhos

São as primeiras três crias de lince-ibérico a nascer no Centro Nacional de Reprodução do Lince-ibérico (CNRLI) de Silves, no Algarve. A notícia é motivo para festejar, até porque a espécie está ameaçada.

O parto aconteceu no passado sábado, 27 de fevereiro, e dá esperança renovada à repopulação da espécie. Em 2002, contava apenas com 94 animais. O projeto luso-espanhol tem em vista o aumento da população de lince-ibérico — e está a ser bem sucedido.

Com as três crias de Juromenha e Juncabalejo — o casal de linces —, a população disparou rumo aos 900 espécimes. São, neste momento, 894 em todo o mundo.

“Com estas três novas crias, Juromenha eleva o seu contributo para a conservação do lince-ibérico às oito crias. O parto de correu de forma normal e Juromenha presta os cuidados adequados às suas novas crias”, revelou o CNRLI.

O fenómeno não acontece apenas em cativeiro. De acordo com dados do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, o Vale do Guadiana tem a taxa de nascimentos mais alta da Península Ibérica. Há, na região, mais de 100 espécimes, segundo os censos de 2019.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT