Na cidade

A partir de terça-feira já pode voltar a dar passeios no paredão de Cascais

A zona estava interdita desde janeiro para evitar concentração de pessoas.
A marginal vai reabrir

Por ser uma zona de alta concentração de pessoas, sobretudo em dias de sol, o paredão de Cascais foi interditado em janeiro, numa altura em que os números da pandemia de Covid-19 disparavam no País. Agora, pouco mais de um mês depois, a marginal reabre por decisão da autarquia.

É o presidente da Câmara, Carlos Carreiras, quem assume a decisão, tomada ao abrigo dos poderes delegados pelo governo às autarquias. “É o presidente [da Câmara] que tem a competência para interditar e, neste caso, para desinterditar”, explica em declarações à “TSF”.

A decisão de reabrir o local que até aqui estava vedado é justificada pela redução dos números de infetados, sendo que Cascais está agora “em risco elevado e não em risco extremamente elevado”. Carreiras promete, contudo, afixar placas informativas sobre os cuidados exigidos a quem por ali passar. As vedações são retiradas a partir das 18 horas de terça-feira, 23 de fevereiro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT