Na cidade

A primeira lua cheia do ano chega esta quinta-feira à noite

O fenómeno estará visível a partir das 17h54. Se não conseguir ver, não se preocupe: há mais 11 luas cheias em 2024.

Todas as luas cheias têm um nome específico e os significados estão relacionados com diferentes tribos indígenas. Segundo a NASA, as denominações começaram a surgir na década de 1930. Esta quinta-feira, dia 25 de janeiro, vai estar visível a primeira do ano, apelidada de “Lua do Lobo”. Por isso, já sabe: a partir das 17h54, não se esqueça de olhar para o céu. Tecnicamente, a noite de lua cheia é só uma, mas aos nossos olhos ela parece totalmente iluminada durante cerca de três dias.

A agência espacial norte-americana explica que o nome desta lua cheia de janeiro se deve “às matilhas de lobos que se ouviam a uivar fora das aldeias, no meio do frio e das neves profundas do inverno”. Além de “Lua do Lobo”, é conhecida como “Lua Velha” ou “Lua do Gelo”.

Em 2024, pode contar com 12 luas cheias, um fenómeno que acontece quando o Sol e a Terra estão quase totalmente alinhados. As próximas serão nos dias 24 de fevereiro, 25 de março, 23 de abril, 23 de maio, 21 de junho, 21 de julho, 19 de agosto, 17 de setembro, 17 de outubro, 15 de novembro e 15 de dezembro.

Em setembro e em outubro, vai haver superluas para ver, o que quer dizer que a lua cheia estará mais perto da Terra do que o habitual, dando a perceção de ser maior e mais brilhante. De acordo com alguns cientistas, a superlua ocorre quando a lua está 90 por cento no perigeu, isto é, o ponto mais próximo que a lua atinge em relação ao planeta.

Se estiver perto da Serra de Sintra aproveite para explorar o local numa caminhada noturna, sob a “Lua do Lobo”, no próximo dia 27 de janeiro (sábado). Trata-se de um percurso de cinco quilómetros por “trilhos secretos e ancestrais” que “vão conduzir os viajantes ao encontro das mais misteriosas histórias da serra”. Saiba tudo neste artigo da NiT.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT