Na cidade

Agora é oficial: este domingo há greve de 24 horas no Metro de Lisboa

A paralisação no dia 26 de junho coincide com o último dia do Rock in Rio. Os trabalhadores reivindicam aumentos salariais.
Vai ser o caos.

Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa confirmaram esta terça-feira, 21 de junho, que a greve de 24 horas, que já tinha sido pré-anunciada, vai mesmo acontecer no próximo domingo, 26. A paralisação ocorre, precisamente, no último dia do Rock in Rio e promete causar muitas dores de cabeça aos festivaleiros que pensavam recorrer a este meio de transporte. Os trabalhadores reivindicam aumentos salariais e criticam a falta de condições de trabalho.

“A greve vai decorrer no dia 26, domingo, entre as 0h e as 24h, mas as perturbações no serviço devem começar ainda no sábado”, afirma Sara Gilgo da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), citada pelo “Observador”.

Entre março e maio de 2022 os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa já fizeram oito greves parciais. Nos meses de maio e junho foram apresentados pré-avisos de greves ao trabalho suplementar e a eventos especiais, como os Santos Populares e o Rock in Rio Lisboa.

O Metropolitano de Lisboa já garantiu que está disponível para encontrar “soluções conjuntas de melhoria das condições de trabalho e de remuneração” e confirmou o reforço dos recursos humanos. A empresa atualizou os salários em 0,9 por cento, um aumento que deixou os trabalhadores descontentes, visto que está “muito abaixo da taxa de inflação registada no País”. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT