Na cidade

Aldeia de Piódão vence prémio internacional de arquitetura

A requalificação “discreta” na praça central foi aplaudida pelo júri. O xisto típico das casas locais foi aproveitado na intervenção.
Bem-vindos a Piódão.

As casas em xisto distribuem-se ao redor dos socalcos entre ruas estreitas e sinuosas. Situada na Serra do Açor, a aldeia de Piódão — também conhecida como Aldeia Presépio — permanece escondida, mas não isso não faz dela uma localidade invisível. As paisagens majestosas e as moradias típicas deram-lhe o título de uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Porém, não é apenas no nosso País que este recanto é elogiado. O projeto de requalificação da praça central da povoação história venceu esta sexta-feira, 14 de junho, o prémio ibérico FAD (Fomento de las Artes y del Diseño), na categoria Cidade e Paisagem.

O júri do concurso destacou “a intervenção discreta” pela forma como “a complexidade formal do largo foi resolvida com a introdução de um espaço circular de xisto e ardósia sem inclinações nem passeios, que funciona como ponto de encontro dos habitantes da aldeia”.

Idealizada pelos arquitetos Paula Del Rio e João Branco, a alteração tornou o espaço, anteriormente ocupado por automóveis, numa “sala de encontro” em grande escala. O objetivo era, desde o início, “favorecer o convívio social das pessoas da região ou outros visitantes, interessados na promoção de eventos como corridas ou caminhadas”.

As intervenções na aldeia histórica começaram em novembro de 2022. As obras exigiram um investimento do município de cerca de 930 mil euros, dos quais 400 mil foram financiados pelo Turismo de Portugal, no âmbito do Programa Valorizar.

“Trata-se do principal prémio de arquitetura ibérica, o que atesta a qualidade e a relevância da obra, não só pelo impacto muito positivo que tem na vida das pessoas, mas também pelo seu contributo como boa prática arquitetónica”, referiu o presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa, citado pelo “Público”.

Os prémios FAD existem desde 1958 e tem como objetivo distinguir, todos os anos, as melhores obras de arquitetura executadas na Península Ibérica.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT