Na cidade

Alívio de medidas: parques aquáticos e parques infantis já podem reabrir

A informação foi avançada esta quinta-feira, 13 de maio, pelo governo, que renovou o estado de calamidade até 30 de maio.

O estado de calamidade irá manter-se até pelo menos 30 de maio. Esta foi a informação avançada pela ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, em conferência de imprensa do conselho de ministros, esta quinta-feira, 13 de maio.

Antes de avançar para o ponto de situação dos concelhos cujo desconfinamento foi travado, foi também anunciado que haverá mais atividades a serem finalmente desbloqueadas.

A partir de agora, poderão portanto reabrir os parques infantis e também os parques aquáticos — fruto da estabilização dos números da pandemia no País.

Relativamente aos concelhos, nesta nova reavaliação semanal, surgem também boas notícias: verifica-se que há mais concelhos a desconfinar do que a recuar. Não existem, também, quaisquer cercas sanitárias no território, depois de na terça-feira ter sido levantada a cerca instalada em Odemira.

Más notícias para Arganil e Lamego que irão recuar no desconfinamento, mas também para Resende, que irá manter-se na fase atual. Foi decretado o avanço de fase em Cabeceiras de Basto, Carregal do Sal e Paredes, que saltam etapas e passam a cumprir as mesmas regras aplicadas na maioria do território português.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT